quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Após declaração de advogado, Fawaz rebate: "Deturpa as verdadeiras circunstâncias do negócio"


Algumas horas após a matéria da BBC ser publicada na qual afirmava que o consórcio americano teria interesse em retomar as negociações, o proprietário Fawaz deu uma declaração em suas redes sociais:
 
"Sobre o artigo da BBC publicado mais cedo, me sinto obrigado de fazer uma declaração direta aos torcedores.

Gostaria de reiterar novamente que estou inapto em dar detalhes da negociação por causa de cláusulas de confidencialidade. Mas estou muito desapontado com o conteúdo da matéria da BBC, a qual deturpa as verdadeiras circunstâncias sobre o negócio. Eu rejeito a afirmação feita na qual eu seja responsável por pelo fim das negociações.

Desde então não tive mais contato com o consórcio JMI. Estou surpreso em ler que eles ainda possuem interesse em comprar o clube. Entrevistas como essa não são úteis e aparecem para tirar o foco e desestabilizar o clube.

Estamos em um processo de instalar uma nova estrutura no clube, que não seria possível ser continuada caso as negociações realmente tivessem sido reiniciadas. Estamos muito perto de anunciar um novo executivo sênior que irá consolidar e fortalecer o clube".

Comente com o Facebook: