sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Fotos Históricas #001 - Peter Taylor, Nigel e Brian Clough

Esquecendo um pouco da realidade atual do clube, nosso blog tentará postar semanalmente alguma foto histórica remetendo ao passado do Forest.

A foto de hoje é de Peter Taylor, Brian Clough e seu filho Nigel que atualmente é técnico do Burton.(Clique para ampliar)


Aos que estão simpatizando com o Forest há pouco tempo e não sabem muito da história, Peter Taylor (na esquerda) era assistente técnico de Brian Clough. Os dois funcionavam muito bem quando estavam unidos. Se conheceram ainda no Hartlepool, time pequeno situado no Norte da Inglaterra, quando Taylor era treinador e convidou Clough (que havia acabado de se aposentar como jogador por causa de uma lesão no joelho aos 31 anos) para ajudá-lo.

Após isso os dois passaram pelo Derby County com muito sucesso, subindo o time da segunda divisão para a primeira e vencendo o campeonato inglês no ano seguinte. Após essa conquista, o time foi pra Liga dos Campeões da Europa e em uma semi final contra a Juventus da Itália, Brian disse que o presidente do clube sugeriu que ele entregasse o jogo. Clough não concordou, porém mesmo assim foi eliminado com atuação polêmica da arbitragem. Após isso, Brian pediu demissão achando que não iriam aceitar, porém a diretoria do Derby aceitou. Peter Taylor não estava sabendo e não concordou com o pedido de demissão. Com isso a primeira ruptura entre os dois aconteceu.

A dupla então foi convidada a treinar o Brighton, clube do Sul da Inglaterra. Convencido por Taylor, Brian foi contrariado e fez exigências altas para que não aceitassem o acordo. Porém a diretoria do Brighton aceitou mesmo assim. Depois disso, Brian foi convidado a treinar o Leeds e aceitou, mas Peter Taylor não queria voltar atrás no acordo com o Brighton, portanto eles se separaram pela primeira vez.

Com o insucesso de Brian no Leeds e de Taylor no Brighton, Brian fez as pazes e pediu perdão ao seu fiel escudeiro. Os dois então foram convidados a treinar o Forest e o resto é história que a gente já sabe...

Brian e Taylor nunca funcionaram bem quando estavam separados. Enquanto Brian era a mente tática, Peter Taylor era o olho, pois observava e indicava jogadores precisos para os times de Brian. Em 1991 Peter Taylor acabou falecendo e Brian seguiu a carreira sozinho por mais 2 anos, quando decidiu se aposentar.

Quem quiser se informar mais sobre essas histórias, recomendo assistirem ao filme "Maldito Futebol Clube" que conta a história da dupla.


Comente com o Facebook: