sexta-feira, 24 de março de 2017

Especial: Nottingham Forest na Copa da UEFA de 1995/1996


Quem acha que o Nottingham Forest se resume a Brian Clough está enganado. É claro que o lendário técnico contribuiu com praticamente 90% do sucesso do clube. Mas o Forest em uma temporada sem ele mostrou que pode caminhar como um time gigante.

Na temporada de 1994/1995 da Premier League tivemos a grande surpresa do Blackburn de Alan Shearer vencer o campeonato. Mas não foi só o Blackburn que fez uma ótima campanha. O Nottingham Forest naquele ano fez um excelente campeonato e foi o terceiro colocado da Premier League, a melhor campanha do time no formato novo do campeonato (1992 - atual).


Infelizmente naquela época devido ao Ranking da UEFA, somente o campeão da Premier League era classificado pra Champions League. O restante iria para a Copa da UEFA, portanto mesmo terminando em terceiro, somente o Blackburn foi a Champions naquela temporada. Se fosse hoje, o Forest teria se classificado pra Champions League.

Frank Clark como jogador nos anos 70/80
O Forest era comandado por Frank Clark. Frank era jogador do clube no primeiro título da Champions League em 1979. Teve sua carreira basicamente construída no Forest e no Newcastle como jogador. Além de jogador, foi técnico do clube a partir da saída de Brian Clough em 1993 e ficou até o fim da temporada de 1996. Nesse período ele resgatou o time da segunda divisão, fez excelente campanha na Premier League e jogou um torneio internacional. Esse foi considerado o último grande suspiro do Forest.

Frank Clark como Técnico entre 1993 e 1996
Clark ainda foi presidente do clube por um tempo quando Nigel Doughty se afastou do cargo em 2011 por problemas de saúde. Ele ficou até o momento da posse de Fawaz. Frank ainda era embaixador do clube, cargo que exerceu até 2013.

Frank Clark como presidente e embaixador em 2011
Mas voltando ao Forest, o time terminando em terceiro foi qualificado pra Copa da UEFA juntamente com Manchester United, Liverpool e Leeds. O time possuía bons valores como o lateral Stuart Pearce e o atacante Stan Collymore que fez 22 gols na temporada e posteriormente foi vendido ao Liverpool por 8.4 milhões de Libras.

Os Reds chegaram nas quartas de final da competição. Naquela época o torneio era nos moldes da antiga Champions League: Não havia fase de grupos, apenas uma grande fase eliminatória. Abaixo vai um resumo dos jogos:

1ª Fase - Malmo x Nottingham Forest

Sim, o Forest voltou a enfrentar o time que ele venceu a Champions League em 1979. Os suecos do Malmo venceram a primeira partida por 2x1 e perderam a segunda por 1x0. O Forest passou, novamente, dessa vez pelo gol fora.

1º Jogo - Malmo 2x1 Nottingham Forest


2ª Jogo - Nottingham Forest 1x0 Malmo

2ª Fase - Auxerre x Nottingham Forest

Na segunda fase o Forest foi para a França. O Primeiro jogo foi 1x0 pro Forest na França e o segundo um empate sem gols.



3ª Fase - Nottingham Forest x Lyon

Na terceira fase novamente um jogo na França, dessa vez contra o Lyon. E novamente um 1x0 no agregado, mas com vitória no City Ground.

1º Jogo - Nottingham Forest 1x0 Lyon

2º Jogo - Lyon 0x0 Nottingham Forest

4ª Fase - Bayern de Munique x Nottingham Forest 

Nas quartas de final, o Forest enfrentou o poderoso Bayern de Munique no antigo estádio Olímpico de Munique e foi eliminado. Na primeira partida uma derrota por 2x1 na Alemanha com gol de Klinsmann e direito a falha de Oliver Kahn no gol do Forest. Na Inglaterra acabou goleado por 5x1. Klinsmann marcou mais 2x. O Bayern de Munique avançou pra semi final, eliminou o Barcelona e na final ganhou do Bordeaux por 5x1.

1º Jogo - Bayern de Munique 2x1 Nottingham Forest

2º Jogo - Nottingham Forest 1x5 Bayern de Munique

Na Copa da UEFA desse ano, o Forest foi o clube inglês que mais chegou longe na competição. Na Premier League o Forest acabou a temporada em 9º lugar. Na FA Cup foi eliminado na quarta fase  e na Copa da Liga na segunda fase.

Comente com o Facebook: