terça-feira, 18 de abril de 2017

Especial: 29 Frases de Brian Clough que todos deveriam ler


Frases icônicas da lenda Brian Clough:

"Roma não foi construída em um dia pois eu não estava envolvido neste trabalho"

"O jogador mais feio que contratei foi Kenny Burns"


"Idade não conta. É o que você sabe sobre futebol que importa. Eu sei que sou melhor que uns 500 técnicos que foram demitidos desde a guerra. Se eles soubessem algo de futebol, não teriam perdido seu emprego" - Brian quando chegou ao Hartlepool com seus 30 e poucos anos de idade para ser técnico.

"O Rio Trent é amável, eu sei pois andei sobre ele por anos" - Essa referência de "andar sobre a água" virou o nome de sua auto biografia anos depois.

Brian Clough falando de Brian Rice, jogador que treinou no Forest: "Não estou dizendo que ele é magro e pálido, mas no quarto de hotel a empregada puxou pra trás os lençóis e arrumou a cama sem perceber que ele ainda estava lá!".


"Pedidos de demissão são para políticos que são pegos com a calça curta, não para mim".

"Beckham? Sua mulher não poderia ser cantora e seu cabeleireiro não poderia cortar seu cabelo".

"Nós costumávamos ver fotos todo sábado a noite, mas tivemos que parar mais cedo para assistir as partidas do dia. Minha esposa ainda reclama disso".

Brian para o médico do Forest quando Stuart Pearce bateu a cabeça em um jogo: "Diga a ele que ele é o Pelé e que ele fique o restante do jogo como atacante".

"Não me mande flores quando estiver morto. Se você gosta de mim, mande-as enquanto tiver vivo".

Brian sobre a nova regra de impedimento: "Se meus jogadores não aprenderem, não serão pagos"

"Eles não querem um treinador Inglês na seleção que esteja preparado para chamar os Italianos de trapaceiros bastardos. Eles falharam em entender que eu iria restringir minha linguagem e que o trabalho seria mais importante no dia a dia da gestão do clube" - Brian sempre se questionou por quê nunca foi convidado a ser técnico da Seleção Inglesa. Um dos motivos que se especulava era de que sua linguagem sincera seria imprópria e poderia trazer problemas com federações afiliadas. Inclusive, Brian acusava os Italianos de comprarem juízes em partidas da Champions League quando treinava o Derby County.

"Eu me arrependo de ter dito ao mundo inteiro o quão bom técnico eu sou. Eu sabia que eu era o melhor mas eu não deveria ter dito para ficar pressionado. Por que eles teriam que resolver tudo isso sozinho" - Brian era um verdadeiro "manager". Ele sempre foi crítico de diretores de futebol e quando essa profissão começou a aparecer nos clubes, ele criticava pois os diretores somente sabiam demitir técnicos e nunca assumiam sua parcela de culpa.

"Andar sobre a água? Devo dizer que após alguns drinks isso está absolutamente certo!" - Brian gostava muito de beber.


Quando Sven Goran Eriksson assumiu a Seleção Inglesa - "Pelo menos eles escolheram um técnico que fala Inglês melhor do que os jogadores".

"Quando eu morrer, Deus terá que ceder sua cadeira favorita".

"Eu decidi escolher cuidadosamente o momento que irei me aposentar: Talvez daqui 200 anos"

"Eu mal consigo soletrar espaguete, muito menos falar italiano. Como eu iria falar para um Italiano ir pegar a bola? Talvez ele iria pegar as minhas".

"Jogadores perdem jogos, não táticas. Há muita merda falada sobre táticas por pessoas que mal sabem jogar dominó".

Quando Martin O'Neil (escocês) fez sucesso no Leicester City como técnico: "Qualquer um que possa fazer o Leicester jogar bola deve ser considerado um gênio. Se ele falasse Sueco ou Inglês, seria escolhido como técnico da Seleção Inglesa" - Novamente uma leve cutucada na Federação Inglesa sobre ter escolhido um técnico sueco para o cargo. Brian sempre foi defensor de técnicos Ingleses terem chances de treinar a seleção.

"Se um presidente demitir um técnico, ele deve ir embora junto".

"Eu tenho certeza que os diretores da Federação Inglesa pensaram que se tivessem me escolhido para o cargo, que eu iria comandar todo o show. Eles estão absolutamente certos. Seria exatamente isso que eu iria fazer". Brian ainda se questionando por quê nunca foi técnico da seleção.

 "Tirando a família, não há nada melhor do que ganhar duas Champions League".


Brian Clough após o transplante de fígado em 2003 - "Gostaria de tranquilizar a todos e dizer que eles não me deram o fígado velho do George Best".

"Falar pro jogador cortar seu cabelo é de responsabilidade do técnico e conta o quanto estou preocupado com ele" - Brian era muito detalhista. Em uma final de Champions League ele fez Trevor Francis se barbear momentos antes do jogo, pois segundo ele, a barba iria fazê-lo suar e incomodar o rosto. 

"Eu bati na cara de Roy Keane uma vez. Ele ficou nocauteado. Foi por isso que não pude dar outro soco mais forte". - Brian, em um episódio de descontrole na Copa da Inglaterra de 1991 quando Roy Keane, que jogava no Forest, entregou uma bola para o gol de empate do Crystal Palace, obrigando ser realizado o segundo jogo. Roy diz em sua auto biografia que esse momento o fez mudar sua carreira. Segundo relatos, os dois se acertaram após o episódio e Keane ficou mais 2 anos jogando pelo Forest, antes de se transferir para o Manchester United.

"Nós discutimos por 20 minutos e decidimos que eu estava certo".

"Se Deus quiser que joguemos futebol nas nuvens, que coloque grama sobre elas".

"Não quero epitáfios de histórias profundas e todas essas coisas. Eu contribuí com o futebol e espero que eles digam isso. Espero que gostem de mim".

"Eu não diria que sou o melhor técnico deste esporte. Mas certamente estou no Top-1".

Comente com o Facebook: