domingo, 7 de maio de 2017

Em jogo emocionante, Nottingham Forest vence Ipswich e se mantém na Championship


O Domingo foi de festa para a torcida do Nottingham Forest. Em rodada emocionante da Championship em que se definiu o campeão, a ordem dos confrontos nos playoffs e o rebaixamento, os Reds passaram aperto no começo, inclusive chegando a entrar na Zona de Rebaixamento durante o primeiro tempo dos jogos, mas graças a um gol de pênalti no fim da primeira etapa, o clube pôde respirar e colocar seu futebol em campo.

Com 28.242 pessoas no City Ground, Mark Warburton promoveu mudanças para a última partida. A entrada do zagueiro Mills ao lado de Mancienne e Worrall foi a primeira. Aproveitou os 3 zagueiros e passou Osborn para a ala esquerda, enquanto Carayol, Ward e Assombalonga faziam um trio de ataque. O Forest começou pressionando e nos 2 primeiros minutos quase marcou 2 vezes em oportunidades desperdiçadas de Ward e Assombalonga.

Após os dois primeiros minutos iniciais, as notícias ruins começaram a chegar. O Blackburn abria o placar contra o Brentford e rapidamente fazia o segundo gol, passando o Forest para a Zona de Rebaixamento. No outro jogo, o Birmingham abriu o placar também no mesmo momento, deixando a torcida do Forest em pânico.

O time começou a rifar a bola e dar chutão, tentando acelerar o jogo e nada mais dava certo. Pelo contrário, o Ipswich começou a pressionar também. Carayol saiu machucado logo no início, dando lugar a Clough. Depois de tudo isso acontecer, o Ipswich quase saiu na frente duas vezes. Em uma das chances, um milagre em uma defesaça de Smith em bola que ainda desviou na zaga e bateu no travessão. Ali era o momento mais tenso do jogo e tudo dava errado.

Até que em uma cobrança de lateral cobrada por Lichaj na grande área, Ward chegou primeiro na dividida com o goleiro e sofreu o pênalti. O artilheiro Britt Assombalonga com sua frieza de sempre bateu no ângulo direito do goleiro, fazendo 1x0 e recolocando o Forest fora da zona de rebaixamento.

O primeiro tempo acabou e o time foi pro intervalo mais tranquilo. Com a bola no chão e sem apressar o jogo, o Nottingham Forest foi amplamente melhor no segundo tempo. Logo no começo a notícia de que o Brentford havia diminuído o placar contra o Blackburn deu mais tranquilidade ao time, que naquele momento tinha 2 gols de vantagem sobre os Rovers.

Logo aos 11 minutos do segundo tempo, Chris Cohen recebeu um bom passe, abriu espaço e soltou uma pancada. A bola desviou no zagueiro do Ipswich e morreu no ângulo do goleiro Bialkowski. Um golaço que aumentava ainda mais a vantagem do Forest para se manter na Championship.

Um pouco depois em outra bela jogada pela lateral, Ward foi lançado na ponta da área e foi derrubado antes de bater pro gol. Era o segundo pênalti da partida. Dessa vez Assombalonga bateu, mas o goleiro defendeu. Isso não afetou a confiança do Forest que jogava verticalmente e com tranquilidade dos resultados. Até que aos 34 do segundo tempo, Assombalonga recebeu na área, carregou a bola, pedalou e encheu o pé para estufar a rede do Ipswich em um belo gol. Era o 3x0 garantido em campo fazendo com que o Blackburn precisasse fazer 3 gols para ultrapassar o Forest.

Os Rovers até chegaram a fazer o 3x1, mas não foi o bastante. No restante das partidas, o Newcastle confirmou o título com a vitória sobre o Barnsley e o empate do Brighton, enquanto Reading, Sheffield, Huddersfield e Fulham irão aos playoffs.



No final da partida, Cash e Brereton entraram em campo e o time só administrou o placar. Ao final da partida, a torcida do Forest invadiu o campo e comemorou o resultado. O mais abraçado era Assombalonga, um dos heróis da partida e que conseguiu anotar 15 gols na temporada. No fim de tudo, o Forest e o Blackburn empataram em pontos, porém o saldo de gols definiu a permanência do Forest.


No final da partida, Warburton deu uma rápida coletiva afirmando que jamais deveria terem deixado o Nottingham Forest nessa atual situação e que agora com a permanência ele prevê que haverá um período de transferências intenso para o clube, que deverá sofrer uma reformulação dentro e fora de campo. Outra notícia que surgiu ao fim do jogo foi a confirmação oficial de Fawaz que está deixando o clube. De acordo com as notícias, o negócio está 99% certo e só depende da aprovação de Marinakis junto da Federação Inglesa para que o Forest tenha um novo dono e novas esperanças.


Se isso mesmo acontecer, a era Fawaz não deixará saudades. Em 5 anos de Nottingham Forest, o clube foi despencando ano após ano na tabela, até atingir a posição limite de permanência nesta temporada. É preciso mudar e torçamos que esse susto tenha ajudado todos a perceberem isso.

Para finalizar, nosso amigo Fletch que mora em Londres e foi ao jogo nesta manhã nos mandou um vídeo e uma foto do momento da invasão da torcida em campo. Confere aí!




Um comentário:

  1. Um dia de alívo principalmente! Se o Forest sofresse o pesadelo de rebaixamento, eu não teria as palavras (inclusive em inglês!) para expressar os meus sentimentos!

    Agora é preciso aproveitar as oportunidades que uma pre temporada inteira pode ofrecer e espero que o club possa progredir com o novo dono. Uma uniãode de confiança entre os diretivos e o treinador do time é imprescindível a qualquer nível do futebol profissional e agora mais que nunca, is torcedores de Forest merecemos a estabilidade e o desejo de conseguir o verdadeiro êxito na divisão. Isto seria algo melhor para festejar juntos no campo no final da próxima temporada!!

    Come On You Reds!!!

    ResponderExcluir