segunda-feira, 8 de maio de 2017

Review da Temporada 2016/2017 - Os melhores e piores do ano no Forest

Para fechar a temporada 2016/2017, resolvemos relembrar alguns fatos e mostrar o que tivemos de melhor e pior. Vamos lá aos prêmios:

Gol mais bonito:
Ben Osborn - Nottingham Forest 1x0 Bristol City (21/01/2017)
Foi difícil escolher um só, portanto ficamos com dois. O primeiro é o golaço de falta a lá beach soccer de Ben Osborn foi insuperável na temporada. Difícil achar outro melhor do que esse na Championship.



Apostolos Vellios - Rotherham 2x2 Nottingham Forest (14/09/2016)
Uma pintura de gol do centro avante grego contra o Rotherham. No gol de empate, Vellios virou uma bicicleta linda para evitar uma tragédia maior no jogo contra o lanterna.


Melhor partida:
Nottingham Forest 3x0 Brighton (05/03/2017)
O Nottingham Forest não deu chances para o vice líder da competição. Com um show dentro de campo em uma atuação segura, o Forest passou por cima do Brighton. Outra boa partida foi na primeira rodada quando o Forest venceu o estreante Burton por 4x3.



Jogo mais insano:
Nottingham Forest 2x1 Newcastle (02/12/2016)
Uma partida repleta de reviravoltas. Começando com Bendtner perdendo 2 pênaltis seguidos, o Forest levando um gol logo em seguida e duas expulsões do Newcastle. Após todos esses fatos, a virada heróica por 2x1 contra o líder da competição.



Melhor partida fora de casa:
Barnsley 2x5 Nottingham Forest (25/11/2016)
Um outro jogo muito louco. Estava perdendo por 2x1 e virou pra 5x2 em poucos minutos no segundo tempo.



Melhor contratação:
Zach Clough (Bolton)
No último dia da janela de transferências de Janeiro o Forest fez uma boa contratação: Zach Clough, do Bolton, considerado uma das maiores promessas do clube. Clough acrescentou muito ao time no segundo turno do campeonato e é uma boa aposta para a próxima temporada.



Revelação:
Ben Brereton
O atacante inglês Ben Brereton já era muito elogiado pelos torcedores que acompanhavam a categoria de base do Forest. Por necessidade o jogador foi alçado ao elenco principal ainda por Phillippe Montanier e não decepcionou. Com gols importantes e atuações acima da média, o jogador terá uma temporada promissora para 2017/2018.



Melhor jogador:
Britt Assombalonga
Mesmo tendo altos e baixos na temporada, sofrendo com lesões e alguns questionamentos sobre seu peso, Assombalonga nunca deixou de guardar seus gols. Só na Championship foram 14 e muitos em momentos decisivos. O cara é frio demais na cara do gol e é nosso camisa 9. Se fizer uma pré temporada boa, com certeza brigará pela artilharia.



Fato positivo:
Mark Warburton e Frank McParland
O proprietário Fawaz ainda sob forte pressão para vender o clube finalmente deu uma dentro. A finalmente contratação de um diretor de futebol para cuidar das contratações era algo urgente para deixar Fawaz longe das decisões futebolísticas. Com a chegada de Frank McParland, diretor de futebol com passagens por Liverpool, Brentford e Rangers o futebol está nas mãos de quem sabe. E com a chegada do diretor de futebol, o novo técnico Mark Warburton que já trabalhou com Frank no Rangers e Brentford com acessos conquistados, pegou um Forest à beira do rebaixamento e conseguiu manter o clube e agora trabalha com calma para virar o jogo pra próxima temporada. Está na hora do Forest se organizar e voltar a Premier League.



Agora o lado negativo:

Pior contratação:
Nicklas Bendtner
Chegou com status de jogador com experiência de Premier League mas pouco fez. Não começou nenhum jogo como titular. Perdeu 2 pênaltis contra o Newcastle, fez 2 gols, marcou outro contra e a maior parte do tempo foi reserva do Assombalonga. Deixou o clube em Março pra ir para o Rosenborg.



Pior jogo da temporada:
Norwich 5x1 Nottingham Forest
Em um jogo que o Forest não viu a cor da bola, o Norwich passou por cima com 3 belos gols. Houveram outros péssimos jogos como a derrota para o Burton por 1x0 e para o Derby por 3x0, mas pela goleada que foi, o Norwich fica com o título.


Jogo mais sonolento:
Wigan 0x0 Nottingham Forest (25/02/2017)
Difícil até ter melhores momentos desse jogo. O Forest vinha em má fase e o Wigan não teve forças pra agredir. Pior que isso, o Forest ainda conseguiu ser eliminado pela FA Cup pelo mesmo Wigan algumas semanas antes.



Pior venda:
Henry Lansbury (Aston Villa)
Aqui pensei em Lansbury e Burke, porém pelo menos o Burke rendeu aos cofres do clube 15 milhões de libras. Portanto a pior negociação do Forest da temporada será de Henry Lansbury. O jogador estava com o contrato expirando no fim da temporada e sairia de graça. Até o Derby County tentou contratar o jogador, mas ele foi para o Aston Villa por 1,5 milhões de libras. Não tinha muito o que fazer. Ele não queria ficar, faltou a diretoria renovar com ele antes que chegasse a esse ponto. A torcida não gostou muito da forma que ele saiu, mas até o momento ele também não emplacou no Villa.


Fato Negativo
Fawaz Al Hasawi
A gestão desastrosa de Fawaz Al Hasawi chegou ao limite. Desde 2012 quando assumiu o clube, o time vem despencando na Championship ano após ano. Somente em seu primeiro ano como proprietário, o time terminou em 8º lugar com chances de Playoff. No mais, apenas campanhas de meio de tabela, até essas 2 últimas temporadas que o time brigou contra o rebaixamento diretamente desde o início. Com o time salvo na Championship de maneira emocionante na última rodada, Fawaz sabe que é hora de partir e deixar o time antes que algo bem pior aconteça.



Comente com o Facebook: