sexta-feira, 9 de junho de 2017

Desempenho da Era Marinakis no Nottingham Forest


A partir de hoje, começaremos a escrever o desempenho da era Marinakis no Nottingham Forest. Portanto o post será atualizado sempre após o fim da temporada e algum acontecimento, assim como fizemos na era Fawaz, que deu pra medir os acontecimentos do clube e seu rendimento de 2012 a 2017.

--
A Era Marinakis começou oficialmente em Maio de 2017, após quase 1 ano de indefinições quanto a venda do clube. Por enfrentar uma série de acusações na Grécia, Evangelos Marinakis não conseguiu sair do país para finalizar a compra. Mas após uma temporada que quase culminou no rebaixamento para a League One, finalmente as coisas clarearam e Fawaz deu lugar a Marinakis.

Temporada 2017/2018

Com a chegada de Evangelos Marinakis, muitas mudanças foram anunciadas. A começar por uma nova diretoria, com 4 novas pessoas que assumiram os cargos de maior responsabilidade no clube. Chegaram um novo presidente (Nicholas Randall), um CEO (Loannis Vrentzos), uma diretora financeira (Samantha Gordon) e um diretor de operacional (David Cook). Portanto um novo time diretivo, coisa que jamais aconteceu sob a gestão centralizadora do proprietário anterior.

A primeira atitude foi anunciar uma redução significativa nos carnês da temporada para que a torcida - que estava com esperança renovada - lotasse o estádio. A segunda atitude foi renovar o contrato de algumas peças chaves do elenco: Vaughan, Cohen e Mancienne foram os primeiros a renovarem e ficarem no time que teve pouco destaque na temporada anterior.

Warburton começou muito bem a pré temporada, simplesmente não perdendo nenhum jogo. No início da temporada um arranque muito promissor também: 6 vitórias e apenas 1 derrota contando jogos de Championship e Copa da Liga (eliminando Shrewsbury e Newcastle fora de casa). Murphy e Dowell, novas contratações, mostravam ter sido certeiras e deixado a torcida inicialmente sem saudades de Assombalonga que foi negociado.

A lua de mel de Warburton acabou cedo: Em outubro o time caiu de rendimento e começou a despencar na tabela. A eliminação para o Chelsea sendo goleado na Copa da Liga em um jogo que ele preferiu poupar o time começou a incomodar a torcida. Alternando apenas derrotas e vitórias sem nenhum tipo de empate, o time mostrava ser frágil, mas permanecia numa zona intermediária da tabela. Em dezembro, porém, próximo ao boxing day, Warburton foi demitido após uma péssima sequência de derrotas e uma grande queda de rendimento.

O time começou 2017 comandado por Gary Brazil inclusive em jogo que goleou o Arsenal pela Copa da Inglaterra e logo após isso, Karanka foi anunciado. O técnico que tirou o Middlesbrough da Championship assinou um contrato de 3 temporadas para tentar reproduzir o mesmo trabalho aqui. Claramente incomodado com a postura dos jogadores nos jogos, Karanka começou capengando e decidiu agir na janela de transferências: 10 novas contratações e 9 jogadores dispensados após uma derrota em casa para o Preston por 3x0 fizeram do Forest um time com novo fôlego.

As entradas de Lolley, Colback, Tomlin, Pantilimon e Figueiredo no time titular, somados as novas funções de Osborn como lateral esquerdo, Cash como ponta direita e Fox como zagueiro fizeram com que o time ganhasse novo corpo e parasse de levar gols, conseguindo alguns pontos. A saída do inexperiente Smith do gol também fez o time estancar uma deficiência que já era clara há tempos: A falta de segurança no goleiro. O time se livrou do rebaixamento com 5 rodadas de antecedência e ficou a esperança de fazer uma melhor temporada.

Números da temporada:

18 Vitórias
8 Empates
25 Derrotas
61 Gols Pró
77 Gols Contra

Artilheiros: Dowell (10 gols), Murphy (7 gols) e Brereton (6 gols)

Copa da Liga: Eliminado na quarta fase (4x1 pro Chelsea após eliminar Shrewsbury e Newcastle)
Copa da Inglaterra: Eliminado na terceira fase (2x1 pro Hull após eliminar o Arsenal)
Championship: 17ª Colocação com 53 pontos.

Quem mais jogou:
Osborn - 51 partidas
Dowell - 44 partidas
Darikwa - 33 partidas

Comente com o Facebook: