domingo, 25 de junho de 2017

Forest Legends #11 - Roy Keane

O Décimo primeiro Forest Legends da nossa lista é o Irlandês Roy Keane, ídolo também do Manchester United, mas que apareceu na Inglaterra jogando pelo Forest. Segue aí!


Roy Maurice Keane nasceu em 1971 e teve sua base no Rockmount da Irlanda nos anos 80. Em 1990 em um jogo da FAI Youth Cup (Copa da Irlanda das divisões de base) um olheiro do Nottingham Forest chamado Noel McCabe estava assistido a partida e gostou do que viu, indicando Roy Keane para Brian Clough, que também aprovou o jogador. O Nottingham Forest contratou o meia por £47.000 libras em 1990.


No começo, Keane enfrentou dificuldades com a distância da família que estava em Dublin e chegou até a pedir alguns dias para organizar sua vida e teve a aprovação de Clough. Resolvido esse impasse inicial, ele foi escalado no Forest sub-21 em um torneio na Holanda. Em 1991 ele foi rapidamente alçado ao time principal, aos 20 anos de idade e estreou profissionalmente.


Keane tinha um comportamento explosivo como jogador e isso as vezes o prejudicava. Ainda em 1991 durante um jogo contra o Crystal Palace pela Copa da Inglaterra o Forest vencia a partida e um erro individual dele fez com que o Palace empatasse o jogo e forçasse o replay. A atitude enervou Brian Clough, que o acertou um soco no vestiário após o jogo. A briga foi feia, mas Keane não reagiu, pois era muito grato pela chance de jogar na Inglaterra e absorveu o problema. O Forest passou de fase posteriormente e perdeu a final para o Tottenham.

Um ano depois, novamente outra final de Copa da Inglaterra, dessa vez enfrentando o Manchester United e nova derrota por 1x0 tirou a chance do Forest conquistar outra Copa. Já em 1992 Keane fazia sucesso e chamava a atenção de várias equipes como o Blackburn e o Manchester United. Seu estilo de jogar o fazia ser um dos jogadores mais promissores da época.


Enquanto isso Keane continuava fazendo gols e ajudando o Forest. Ele chegou a ser campeão pelo Forest da Full Members Cup em 1992, torneio nacional criado pela Federação Inglesa enquanto o país era punido e não podia jogar competições Europeias. Porém em 1993 ele não conseguiu ajudar o clube a permanecer na Premier League e o Forest foi rebaixado. Daí em diante várias equipes tentaram sua contratação. O Blackburn chegou a comprá-lo por £4 milhões de Libras, porém Kenny Dalglish, treinador do Blackburn na época cometeu um erro nas papeladas das documentações necessárias e a transferência não ocorreu. Na segunda feira, Alex Ferguson, técnico do Manchester United entrou no negócio e convenceu Roy a se juntar ao Manchester pelo mesmo valor. Com a camisa do Forest, Keane marcou 22 gols em 114 jogos e sua venda foi uma das maiores da época.


No Manchester United o real auge da sua carreira aconteceu. Foram 12 anos de clube entre 1993 e 2005 com 326 jogos e 33 gols. Foram 17 títulos conquistados, incluindo a Champions League de 1999 e 5 Premier League. Junto do bom futebol, diversas polêmicas adquiridas na carreira.


Pela seleção da Irlanda foram mais de 15 anos de convocação com 9 gols e jogando a Copa do Mundo em 2002, sendo considerado um dos melhores jogadores da seleção Irlandesa. Em 2005, Keane deixou o United e foi para o Celtic durante uma temporada, onde encerrou sua carreira como jogador.


Roy Keane ainda virou técnico do Sunderland entre 2006 e 2008, além do Ipswich entre 2009 a 2011. Depois em 2013 passou como assistente técnico na seleção da Irlanda e no Aston Villa. Ele ainda escreveu um livro e virou comentarista esportivo a partir de 2014. Roy Keane é sem dúvida ídolo no Manchester, mas só apareceu graças ao Nottingham Forest. Como foi um jogador de alto nível e conquistando títulos por aqui, é considerado um ídolo.


Comente com o Facebook: