sábado, 1 de julho de 2017

Forest Legends #12 - Frank Clark

O Décimo segundo Forest Legends do nosso blog é uma pessoa que sua história se confunde com a do clube, tamanho o envolvimento dele. Sua história já foi rapidamente abordada aqui durante a postagem sobre o Forest na Copa da UEFA de 1996, mas vamos detalhar mais sobre ele. De jogador a treinador e presidente, conheça a história de Frank Clark.


Frank Clark nasceu em 1943 na Inglaterra, começando sua carreira de base no modesto Crook Town em 1961 como zagueiro. Uma temporada apenas foi o bastante para que o Newcastle o contratasse em 1962.


De 1962 a 1975 foram 13 anos de Newcastle com 389 jogos sendo titular incostestável dos Magpies. Em 1975 com a chegada de Brian Clough ao Forest, Frank foi uma das primeiras contratações indicadas por Peter Taylor já com quase 30 anos de idade.


Frank assumiu a zaga do time e ficou 4 temporadas no Forest, jogando 117 partidas e fazendo 1 gol. No Forest, Frank foi Campeão Inglês (1978), Bi Campeão da Copa da Liga Inglesa (1978 e 1979), além de conquistar a Champions League em 1979.


Já com 36 anos, ele decidiu encerrar a carreira e não ficou para a temporada seguinte do bi campeonato. Ele foi convidado a se tornar assistente técnico do Sunderland e ficou por lá 3 anos. Também ficou no Leyton Orient por um período atuando como dirigente.


Em 1993 o Nottingham Forest foi rebaixado da Premier League e Brian Clough aposentou. Frank Clark foi chamado para ser o novo treinador e topou a ideia. De 1993 a 1996 ele teve uma grande contribuição no clube. No primeiro ano, montou um time e o resgatou da Championship, subindo de volta a Premier League no primeiro ano. No ano seguinte, fez uma belíssima campanha na primeira divisão, sendo o terceiro colocado somente atrás de Manchester United e Blackburn e conseguiu classificar o time para a Copa da UEFA em 1995/1996.

Diante do comando de Frank Clark, o Forest teve um novo respiro e uma prova de que era possível viver sem Brian Clough. Na gestão dele, o time conseguiu atingir até mesmo recorde de transferências numa venda, a de Stan Collymore para o Liverpool por £8.5 milhões de Libras.

Em 1996 o Forest chegou nas quartas de final da Copa da UEFA e foi eliminado para o Bayern de Munique que foi o campeão posteriormente. Naquele ano o time voltou a brigar contra o rebaixamento na Premier League por estar dividindo as atenções coma a Copa da UEFA e em Dezembro daquela temporada, Frank Clark decidiu deixar o clube. Ele estava sendo linkado para um cargo na seleção Inglesa e também estava muito preocupado com a situação financeira do clube na época. O time acabou rebaixado naquela temporada sem Clark como técnico.


Anos mais tarde longe do Forest, ele ainda chegou a ser Presidente do clube por alguns dias já que Nigel Doughty renunciou ao cargo por problemas de saúde. Ele ficou como presidente até a chegada de Fawaz, no mesmo ano. Depois do início da era de Fawaz, ele teve um cargo de embaixador do clube e ficou nele até o fim de 2013.


Frank Clark passou por todas as áreas do Nottingham Forest, ganhou títulos e ajudou o clube como pôde, por isso ele é uma lenda.

Comente com o Facebook: