terça-feira, 26 de setembro de 2017

Em festival de gols perdidos, Forest perde a sexta e despenca na Championship


O Nottingham Forest perdeu novamente na Championship. Jogando em casa na tarde desta terça, o time até criou muitas boas chances de gol, porém em um dia pouco inspirado ofensivamente, o sistema defensivo cumpriu com as expectativas: mais 3 gols na conta do adversário. Com o resultado o Forest despenca na tabela sendo agora o 16º e começa a dar indícios que sua realidade é mesmo a parte de baixo da tabela enquanto os reforços não chegarem.

Warburton iniciou a escalação com 3 zagueiros tentando dar mais proteção à zaga. No ataque como era de se esperar, Brereton deu lugar a Cummings, já que seu desempenho como ponta não foi dos melhores. Porém mais uma vez um gol cedo atrapalhou todos os planos na partida. Logo aos 13 minutos, Kamara recebeu bola na área em condição de impedimento que não foi marcado e fez o que quis com Mancienne e Mills antes de marcar o primeiro gol.

O time não entrou em pânico e estava criando as melhores chances do jogo, porém as finalizações estavam sendo todas erradas. Aos 33 minutos do primeiro tempo, Cummings puxou o contra ataque e tocou para Traoré, que cruzou de primeira no segundo pau. Murphy estava lá para cabecear no contrapé do goleiro e marcar o gol de empate. Sexto gol de Murphy na competição, o que dá a ele a condição de artilheiro da Championship.

No segundo tempo, novamente um festival de gols perdidos pelo Forest. Murphy, Cummings e Dowell tiveram chances para tirar o empate do placar, mas esbarraram no goleiro do Fulham. Dois minutos após Warburton colocar Brereton e Clough para tentar calibrar o pé, o castigo veio. Em cobrança de falta, Johansen acertou o ângulo e Smith não chegou. Com o 2x1 contra, o Forest se lançou ainda mais com Carayol entrando no lugar de Mancienne, porém o contra ataque ficou ainda mais aberto e o Fulham aproveitou para matar o jogo já aos 44 minutos do segundo tempo, onde Kebano recebeu a bola após a errada tentativa de corte de Bridcutt que deu o contra ataque ao Fulham e teve espaço para finalizar.

Warburton: "Essas derrotas são um recorde negativo que não queremos carregar. Demos um gol aos 15 minutos pelo terceiro jogo seguido. Depois pressionamos e fomos dominantes até os 25 do segundo tempo, mas infelizmente não conseguimos marcar. Assim como no jogo do Villa, os jogadores começam metade do jogo bem e acabam caindo. Nesse momento veio o gol de falta, mas achei que jogamos bem apesar do resultado. Infelizmente o jogo foi decidido em detalhes e não podemos dar desculpas. Se não defendermos melhor, não iremos a lugar algum. Temos de melhorar. Estamos sendo punidos por erros individuais e tudo que podemos fazer é continuar treinando para fazer certo".

A sexta derrota em dez jogos começa a complicar o Forest na competição. O que antes era uma esperança de dias melhores, já começa a mostrar que não vai ser tão rápida a reação com os novos proprietários. Infelizmente em sua primeira temporada, a equipe de Marinakis não conseguiu detectar o principal problema do Forest que é a zaga e agora é preciso esperar ao menos até janeiro para poder agir no mercado. Até lá, muitos gols contra virão se Warburton não encontrar uma saída.

O time volta a campo no sábado, novamente em casa, para enfrentar o ascendente Sheffield United em uma partida difícil para encerrar o péssimo mês de setembro da equipe. A partida começa às 11 horas da manhã.

Comente com o Facebook: