sábado, 30 de setembro de 2017

Em jogo apertado, Forest vence o vice líder e se recupera


Não é novidade desde a temporada passada os feitos positivos e negativos do Nottingham Forest, como por exemplo perder de quase todos os times da parte de baixo da tabela e de vencer os favoritos ao acesso. E mais uma vez nesse sábado isso volta a tona. Em um jogo muito apertado, o time tomou um gol muito rápido, mas teve força para virar e conquistar a quinta vitória na competição.

Warburton escalou novamente o time no 3-5-2, mas dessa vez com a entrada de Fox como zagueiro. O restante do time foi o mesmo que vinha jogando as outras partidas. O jogo começou de maneira ruim, com o Sheffield apertando a saída de bola e forçando o erro dos zagueiros. E não demorou a acontecer. Logo aos 3 minutos, Lindstram recebeu cruzamento rasteiro na área, se antecipou e marcou o gol que irritou muito a torcida.

Após o gol, o Forest conseguiu pegar na bola finalmente e começou a criar algumas chances. Não demorou muito pro gol de empate acontecer. Osborn bateu um escanteio de forma ridícula e a bola foi rasteira para a pequena área. O zagueiro do Sheffield dominou a bola errada e ela sobrou para Cummings bater de esquerda de primeira, forte e no canto direito do goleiro do Sheffield aos 9 minutos. 

O Empate deu mais tranquilidade ao Forest e o jogo se mantinha muito disputado no meio campo. Algumas chances eram perdidas de ambos os lados e qualquer um poderia fazer o segundo gol. Logo aos 27 do segundo tempo veio a virada dos Reds. Em cruzamento aberto de Darikwa, Murphy se tacou na bola para salvá-la e ela foi para dentro da área, quando Dowell bateu de esquerda de primeira no canto esquerdo e fez um golaço para virar o jogo. Antes do fim do primeiro tempo, Cummings que se entendeu muito bem no ataque com Murphy quase fez o terceiro gol em contra ataque, mas perdeu.

No segundo tempo, Warburton voltou com uma alteração. Fox, que estava voltando de lesão deu lugar a Bouchalakis e o time desfez a linha de 3 zagueiros. O Forest não acertou mais o contra ataque daí em diante e o Sheffield United começou a pressionar, empurrando o time para área. As poucas chances criadas eram em saídas de contra ataque com Murphy que tinha que correr todo o campo praticamente sozinho e as chances não eram concretas. 

No meio do segundo tempo, entraram Brereton e Clough nos lugares de Cummings (um dos melhores da partida) e Dowell, porém novamente o Forest não aproveitava os contra ataques e o Sheffield apertava cada vez mais. Já quase nos acréscimos, o Forest levou dois sustos. O Primeiro com um chute fora da área no qual Smith fez boa defesa. Já o segundo lance em um cruzamento na área, uma cabeçada que bateu na trave e ainda passou pelas costas de Smith antes de ser tirada. O árbitro encerrou a partida após esse lance e o Forest comemorou uma vitória suada que fez o time subir para a 12ª colocação com 15 pontos, 5 pontos atrás do G6.

"Nós levamos outro gol no começo e os jogadores ficarem nervosos, mas foi uma boa reação. Jogamos muito bem na terça a noite e hoje não seria justo com nós não ganharmos os 3 pontos. Essas são as loucuras desse jogo. Eu sinto que podíamos ter feito mais um ou dois gols no fim do primeiro tempo. As chances com Dowell e Cummings deveriam ser convertidas enquanto estávamos melhores para podermos aproveitar o contra ataque depois. Os garotos responderam bem ao desafio hoje. Nós queremos aproveitar a parada da data Fifa da melhor forma possível e todos os créditos hoje vão aos jogadores. Temos que aprender a partir dos nossos erros. Com certeza estamos tristes por perdermos tantos pontos em jogos anteriores, mas é um jovem time que está aprendendo todo tempo. O Resultado hoje mostra que também na terça fomos bem mesmo com a derrota, pois não mudei quase ninguém do time e respondemos de boa maneira", concluiu o técnico em sua coletiva pós jogo.

O Forest encerra o terrível mês de setembro com 2 vitórias e 5 derrotas (contando a Copa da Liga) em um dos meses mais complicados no quesito de tabela que já eram esperados. Agora haverá novamente uma parada de 2 semanas devido aos jogos das seleções nas eliminatórias e o time volta a campo dia 15 no clássico contra o Derby County fora de casa. Em Outubro o time realizará apenas 4 jogos no mês, sendo somente 1 em casa e 3 fora, mas com adversários mais acessíveis. Essa é a hora de recuperar o time e subir um pouco mais na tabela.


Comente com o Facebook: