quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Warburton poupa time, Forest é goleado e está fora da Copa da Liga Inglesa


O Nottingham Forest foi goleado nesta tarde de quarta feira em seu reencontro com o Chelsea após 10 anos de distância entre as equipes. Jogando em Londres, o Chelsea mesmo com o time reserva (apenas Hazard jogou como titular, voltando de lesão) não teve conhecimento do Forest e em ritmo de treino aplicou uma goleada por 5x1. Batshuayi foi o destaque da partida com 3 gols.

Infelizmente, Mark Warburton não deu a devida atenção ao jogo e decidiu rodar o time. Apenas Osborn, Bouchalakis e Dowell estiveram em campo do time que regularmente joga a Championship. No gol, Henderson voltou após longo período afastado por lesão. Foi também o caso de Mancienne que retornava do departamento médico e fez a zaga com Hobbs e Worrall. O meio campo foi formado por Lichaj que faria seu segundo jogo na temporada e Fox que dificilmente joga como titular, além de dos três anteriormente citados. O ataque foi formado por Cummings e Walker (que até então só havia jogado a pré temporada).

O time até começou bem, mas logo aos 12 minutos do primeiro tempo em um passe por cima de Lichaj, o Brasileiro Kenedy bateu de primeira sem deixar a bola cair e marcou o primeiro. A porteira foi aberta daí em diante. 5 minutos depois, Henderson que já havia falhado no primeiro gol, saiu jogando errado e a bola sobrou pra Hazard que no meio de 3 jogadores do Forest que só olhavam a jogada acontecer tocou na grande área. A bola ainda bateu na zaga e desviou para Batshuayi apenas empurrar pro fundo das redes.

Com o 2x0 o Forest ainda saiu para o jogo e encontrou em uma falta na meia lua sua melhor chance no jogo. Dowell bateu e a bola pegou no travessão. O terceiro gol do Chelsea saiu aos 38 do primeiro tempo, em jogada pela lateral direita em que Fox e Osborn viram Zappacosta fazer uma tabela e ficarem intactos na jogada. Musonda estava livre e fuzilou no canto, fazendo o gol.

No segundo tempo o Chelsea não tirou o pé. Aos 7 minutos, mais um passe aéreo desmontou a zaga pesada do Forest. Hazard recebeu livre, tentou driblar o goleiro, deixando-o no chão e rolou para Batshuayi fazer mais um na partida. A partir daí, alguns titulares entraram no jogo como Darikwa, Clough e Brereton. Este último, inclusive em um contra ataque quase diminuiu a vantagem, mas chutou pra fora.

O quinto gol saiu aos 40 do segundo tempo. Mais uma bola aérea lançada na qual Kenedy fuzilou e a bola bateu no travessão. Na volta, Batshauyi marcou seu hat trick meio sem querer. O gol de honra do Forest saiu nos acréscimos, na última jogada do time em que Darikwa fez uma tabela com Osborn e mesmo com a bola escapando ainda conseguiu chutar ao gol, de certo modo premiando os mais de 4 mil torcedores que viajaram para Londres e encheram o estádio do Chelsea.

A goleada apenas mostra a ineficácia defensiva do time e infelizmente o técnico preferiu descansar o time titular ao invés de ter ambição e pelo menos lutar por alguma coisa. Desde 2004 o Forest não avança para a quarta fase da competição pois sempre poupa o time para tentar algo na Championship, estratégia que mostra que não vem dando certo ao passar dos anos. No ano passado, curiosamente no mesmo dia 20 de setembro o clube também foi goleado nessa fase, mas pelo Arsenal e também deu adeus a competição.

Warburton tentou justificar suas escolhas em entrevista coletiva: "Começamos o jogo forte, mas rapidamente concedemos dois gols, igual contra o Sheffield Wednesday e o Wolverhampton, nós demos dois gols e hoje estávamos enfrentando um time de classe mundial. Tudo isso se torna irrelevante quando continuamos concedendo gols tão facilmente. Temos que repensar em maneiras de defender nosso gol com maior paixão. Como um grupo de jogadores e comissão técnica, temos que saber o que podemos fazer agora. Temos um jeito de jogar, mas se continuar muito fácil de nos agredir, significa que esse estilo é inútil. Fizemos o time hoje com oito alterações, mas confiava na qualidade dos que entraram. Infelizmente os gols mudam o jogo e nesse momento tem sido muito fácil nos agredir".

Na próxima fase o Chelsea enfrentará o Everton. Já o Forest volta a sua realidade atual e encara o Aston Villa, fora de casa.

Comente com o Facebook: