sábado, 16 de dezembro de 2017

Sistema defensivo do Forest continua quebrando recordes (negativos)


O Nottingham Forest atingiu mais uma marca negativa impressionante de seu sistema defensivo. Se considerarmos a temporada passada inteira e somarmos aos 22 jogos da atual temporada, chegamos a um número negativo que beira o absurdo. Com a derrota de hoje, são 109 gols levados em 1 temporada e meia de futebol (46 jogos da temporada anterior e 22 jogos da atual temporada).

A soma das duas temporadas é pelo motivo da qual os mesmos jogadores faziam parte do elenco, como Smith, Mills, Worrall, Manciene, Hobbs entre outros. Portanto são 68 jogos com 109 gols levados, uma média de 1,6 gols tomados por partida, considerada altíssima até para os padrões de Championship.

Na temporada anterior, o time levou 72 gols e só não foi mais vazado que o lanterna Rotherham, que foi rebaixado. Além disso, o time só se livrou do rebaixamento por saldo de gols na última rodada, disputando ponto a ponto contra o Blackburn. Já a atual temporada, além de registrar 12 derrotas em 22 jogos, também já apresenta 37 gols concedidos. Se formos levar em consideração as copas, o número sobe pra 45 gols levados na temporada em 25 jogos, uma média de 1,8 gol por jogo.

Seguindo essa projeção, se nenhuma medida for tomada na janela de transferências, a zaga pode conseguir quebrar o recorde de 72 gols concedidos na temporada anterior, já que ainda falta uma rodada para o término do primeiro turno e o time já levou 37. Na temporada atual, o Forest só não levou gols em 5 partidas. Os times que tiveram a proeza de não vazarem a zaga foi o Burton, o QPR, o Norwich, o Sunderland e o Millwall, na primeira rodada.

Tem que contratar. E tem que contratar muito zagueiro e goleiro. E urgentemente.

Comente com o Facebook: