domingo, 11 de março de 2018

Em jogo travado, Nottingham Forest e Derby empatam clássico sem gols


Nottingham Forest e Derby County ficaram aquém das expectativas neste domingo no City Ground. Em um jogo muito travado no meio campo, poucas oportunidades de gols foram vistas e o placar não foi movimentado. Karanka manteve o time que vem ganhando as últimas partidas, inclusive com Tomlin no time, já que era dúvida.

O jogo começou com uma chance de Tomlim no qual chutou de fora da área forte e a bola passou perigosamente do goleiro Carson. Depois dessa chance, o Derby assustou em duas oportunidades. Em ambas, Pantilimon foi muito bem nas defesas. Na última, inclusive, ele e Darikwa salvaram juntos o chute de Nugent em um dos momentos de pressão do time alvinegro. A primeira etapa foi encerrada só com essas lances de destaque.

No segundo tempo, o que era pra ser melhor, piorou. O Forest não conseguia jogar ofensivamente e dependia muito dos arranques de Tomlin. Enquanto o Derby também encontrava uma defesa fechada do Forest, mas ainda assim criaram mais chances de gol, outra vez exigindo a boa defesa de Pantilimon. Do lado do Forest, a jogada de maior perigo no segundo tempo foi quando Brereton foi lançado na grande área após contra ataque, porém ao invés de chutar, decidiu cruzar para ninguém. Como tentativa de melhorar o time ofensivamente, Karanka colocou Dowell no lugar de Lolley.

Quando o jogo se encaminhava para um final bastante frio, Huddlestone recebeu o segundo amarelo por excessivas faltas em cima de Tomlin e foi expulso aos 35 minutos. O jogo ganhou ares de emoção. Karanka tentou colocar Murphy no lugar de Brereton, mas o time não conseguiu criar chances de gol mesmo com um a mais por cerca de 13 minutos. O juiz apitou o fim da partida e o resultado sem gols fez com que o Forest completasse seu 6º jogo sem perder e abrisse 15 pontos da zona de rebaixamento, praticamente sacramentando sua permanência com folgas, já que restam apenas 27 pontos em disputa. Já o rival Derby completou seu 7º jogo sem vencer, mas ainda se mantém nos playoffs, em 5º lugar e ainda precisa de pontos para buscar o acesso. No fim, o jogo mostrou um Derby um pouco melhor e um Forest satisfeito de não perder em casa.

Palavra do técnico:

- Eu acho que no fim foi um resultado justo de um jogo emocional. Não tivemos muitas chances, mas estamos construindo o time e foi um jogo extremamente competitivo contra uma das melhores equipes da liga. Não podemos esquecer que esses jogadores se conhecem há apenas um mês e meio e que não jogaram muito na temporada. E agora estão jogando 3 jogos na semana. No fim, eu acho que ficamos um pouco com medo de perder o jogo mais do que com vontade de vencer.

- Hoje foi uma atmosfera diferente por causa do adversário mas eu estou feliz como os jogadores lidaram com o jogo. Não tivemos muito tempo de treinar essa semana com o jogo na terça e nos prepararmos da melhor maneira, mas deixamos tudo o que tínhamos no campo. Hoje foi uma boa experiência para jovens jogadores, casos de Brereton, Cash e Dowell. Esses jogos fazem com que os jogadores cresçam em experiência. A dupla defesa de Pantilimon foi importante e uma das melhores desde que cheguei. Eu sabia que ele tinha muita habilidade quando o contratei. Ele é o tipo de jogador que é ótimo na Championship, pois consegue controlar o jogo e ajudar a equipe.

O Forest agora dá uma pequena pausa em jogos em casa, afinal as duas próximas partidas serão longe de City Ground contra duas equipes que ainda possuem objetivos de playoff na temporada. No sábado que vem enfrenta o Sheffield United que está em 9º. Já no fim de semana posterior, enfrenta o Millwall, em Londres, que se encontra em 10º.

Ficha Técnica:

Forest: Pantlimon, Darikwa, Figueiredo, Fox, Osborn, Watson (c), Colback, Cash, Tomlin, Lolley (Dowell 77'), Brereton (Murphy 85')

Derby: Carson, Wisdom, Keogh (c), Davies, Forsyth, Huddlestone, Anya (Palmer 66'), Johnson, Weimann, Lawrence (Hanson 84'), Nugent (Jerome 66')

Público: 29.106 (1.995 visitantes)

Comente com o Facebook: