domingo, 25 de março de 2018

Evangelos Marinakis, dono do Nottingham Forest é acusado de tráfico de drogas


Em uma semana ausente de jogos, o nome do Forest foi parar nas manchetes policiais. Acontece que Evangelos Marinakis, o grego que comprou o clube essa temporada foi acusado de tráfico de mais de 2 toneladas de heroína. Segundo o The Guardian, a investigação acontece há 4 anos, quando a droga foi apreendida em Piraeus, cidade vizinha a capital Atenas em 2014.

Ainda de acordo com a polícia, diversas transferências bancárias foram registradas ao nome do empresário que emitiu um comunicado negando veementemente as acusações: "A recente ação judicial é uma tentativa deliberada de assassinato de caráter. As alegações são fabricadas e sem nenhuma fundamentação na lei e em fatos. Nunca tive nada a ver com a situação. Está claro para mim que os resultados de qualquer nova investigação irá confirmar minha inocência", afirmou.

Marinakis é um homem com muitas polêmicas e essa é só mais uma. Ainda no Olympiacos, ele já foi acusado de manipulação de resultados para favorecer ao clube grego. Também já foi acusado de fraudes fiscais, porém até o momento nenhuma dessas acusações foram provadas, o que faz pensar que ele possui muitos inimigos devido ao seu sucesso como empresário. Como até agora nunca nada foi confirmado, ficamos no aguardo das investigações


Comente com o Facebook: