sábado, 14 de abril de 2018

Em jogo dramático, Nottingham Forest vira no fim e praticamente se livra matematicamente


O Nottingham Forest finalmente voltou a vencer e a marcar gols neste sábado. De maneira dramática, o time martelou o Ipswich do começo ao fim e conseguiu uma vitória nos acréscimos quando a torcida já esperava pelo pior. O Resultado combinado a outros confrontos praticamente livrou o time matematicamente do rebaixamento.

Karanka mudou um pouco o esquema do time que vem jogando. No meio campo com 3 volantes com Guedioura, Watson e Colback. E no ataque com Tomlin, Lolley e Brereton. O time se esforçou e criou bastante chances no primeiro tempo. A primeira chance foi quando Osborn roubou a bola na grande área e bateu firme em cima do goleiro. Depois foi a chance de Brereton que desperdiçou também.

Praticamente no primeiro ataque do Ipswich, o gol saiu. Em cruzamento na área, Ward cabeceou e a bola entrou de maneira chorada com Pantilimon quase fazendo a defesa. O gol do Ipswich esfriou o Forest e o primeiro tempo acabou 1x0. Na segunda etapa, o Forest levou um susto em uma falta cobrada por Waghorn na área que quase terminou em um segundo gol.

Karanka então decidiu mudar a equipe e voltou com Cash no lugar de Guedioura e mais oportunidades foram desperdiçadas. Em seguida, Bridcutt voltou a equipe após 15 partidas fora no lugar de Watson e o time finalmente engrenou com a entrada do meia. Mas antes disso, com 34 do segundo tempo a torcida aplaudiu ironicamente pois o time acabara de completar um recorde negativo de 624 minutos sem marcar um gol.

Curiosamente, logo após os aplausos, o gol veio. Brereton foi empurrado dentro da área e o juiz marcou o pênalti cometido pelo autor do gol do Ipswich aos 45 minutos. Na cobrança, um chute rasteiro no canto esquerdo de Biakowski que até chegou na bola, mas não defendeu. O empate deu um gás pra equipe e partiram com tudo para cima. Nos acréscimos aos 48, Brereton fez boa jogada pela lateral e cruzou dentro da área. A bola passou pela zaga e Lolley se jogou com a perna esquerda para fazer o gol. O goleiro ainda chegou a espalmar, mas a bola foi pra dentro do gol. Depois disso não deu tempo pra mais nada.

Com a vitória, o Forest chegou aos 49 pontos e como o Barnsley empatou (curiosamente eles estavam vencendo até o fim e sofreram a virada, mas ainda chegaram a empatar com o Bolton), o time abriu 11 pontos da zona de rebaixamento e com mais 12 pontos em disputa, praticamente se livrou de qualquer perigo de descenso. Basta apenas um ponto para que isso seja confirmado, mas é evidente que agora sim o Forest pensa na próxima temporada. A próxima partida é sábado que vem contra o Cardiff que atualmente é o segundo colocado e pra piorar fora de casa.

Palavra do técnico:

- A única boa coisa é ter vencido. Eu estava desapontado pelo jogo, mas tudo pode mudar em um segundo. Foi um gol importante para a torcida que mereceu ver uma vitória. O primeiro tempo tivemos muitas chances e desperdiçamos todas. Temos que tentar coisas novas para a próxima temporada e para jogadores que queiram estar aqui. Agora temos 4 jogos restantes de maneira confortável, mas não podemos relaxar. Eu irei certamente olhar para mudanças. Eu tenho jogadores no banco e fora do plantel que merecem uma chance para provar que merecem estar conosco na próxima temporada.

Ficha técnica:

Forest: Pantilimon, Darikwa, Figueiredo, Fox, Osborn, Watson (c) (Bridcutt 78'), Colback, Guedioura (Cash 59'), Lolley, Tomlin (Vellios 78'), Brereton

Ipswich: Bialkowski, Ward, Spence, Carter-Vickers, Knudsen, Kenlock, Skuse (c), Hyam (Gleeson 84'), Nydam (Connolly 57'), Waghorn, Morris (Carayol 56')

Público: 25.093 (1.015 visitantes)

Comente com o Facebook: