quinta-feira, 31 de maio de 2018

10 Curiosidades sobre o Nottingham Forest


Você conhece todas essas curiosidades sobre o Nottingham Forest? Veja o quanto você sabe sobre o clube ao ler essas 10 histórias!

1-Críquete:

O Nottingham Forest inicialmente não era um clube de futebol. Em 1865 o esporte mais praticado na Inglaterra era o críquete. O Nottingham Forest foi fundado 3 anos após o seu vizinho Notts County com esse mesmo propósito.

Os fundadores do Nottingham Forest são: A. Barks, W. Brown, W. P. Brown, C. E. Daft, T. Gamble, R. P. Hawksley, T. G. Howitt, W. L. Hussey, W. R. Lymbery, J. S. Milford, J. H. Rastall, W. H. Revis, J. G. Richardson e J.Tomlinson. Porém nesse início, os fundadores do Nottingham Forest decidiram simplesmente trocar de esporte, mais precisamente em 1867, com dois anos de vida.

2-A troca de esporte:

Um dos percursores da troca de esporte no Nottingham Forest foi Walter Roe Lymbery, um dos fundadores. Neto de um grande empresário da região na cidade, Walter era jogador de críquete e com suas raízes irlandesas, percebeu que o esporte mais novo a ser praticado se chamava futebol que crescia de popularidade no país. Walter foi tão influenciador no clube que se tornou o primeiro presidente, em 1866. O motivo da troca era fácil de entender: O Futebol era muito mais simples e barato pois precisava apenas de uma bola, diferente do críquete que envolvia tacos de madeira. Com isso o futebol se popularizou nas camadas mais baixas da sociedade inglesa.

3-Original Reds:

A primeira atitude como clube a partir daí foi providenciar o uniforme. Nessa época, o futebol não era diferenciado por camisas e sim por chapéus que eram usados pelos jogadores. Com isso a ordem foi clara: O clube compraria doze bonés vermelhos para diferenciar do vizinho. E por quê o vermelho? Os fundadores do Forest possuíam ligação e admiração a Giuseppe Garibaldi. Garibaldi era fuzileiro italiano e viajou o mundo (inclusive passando pelo Brasil), mas veio a Inglaterra 1 ano antes da fundação do Forest, em 1864. Ele era uma inspiração ao sistema de governo Inglês e consequentemente aos fundadores do clube. As tropas de Garibaldi vestiam a cor vermelha e como homenagem, o clube decidiu seguir a cor.

Portanto o Forest é chamado até hoje de Original Reds pois foi o primeiro clube de futebol no país a vestir a cor vermelha. Nesta época Forest e Notts County disputaram a primeira partida entre os clubes. Os registros do primeiro jogo são raros, porém o lado vermelho venceu o primeiro jogo por 1x0.

4-Pioneirismo no futebol:

O Nottingham Forest orgulhosamente participou da criação de regras do futebol. A mais curiosa de todas foi a inclusão do apito para o árbitro. Em 1878, Sam Widdowson, um jogador do clube que cresceu na cidade e tinha família nobre foi quem deu a ideia, pois além de jogador do clube, costumava apitar jogos de outras equipes. E nesta época, o árbitro portava uma bandeira branca para sinalizar alguma irregularidade. Como isso dificilmente chamava atenção, Sam sugeriu que fossem usados sons. E o apito foi introduzido.

Sam além de visionário nesta parte, ainda foi um dos percursores do esquema tático no esporte. Nos primeiros anos de vida o futebol era basicamente uma questão de chutar e correr atrás da bola. Widdowson viu um clube chamado Royal Engineering jogar em um esquema chamado de 2-3-5 que contava com 2 defensores, 3 meias e 5 atacantes contra o Forest em um amistoso. Esse time dominou os primeiros 5 anos de Copa da Inglaterra, chegando em 4 finais e vencendo 2 títulos. Sam introduziu o mesmo esquema no Forest e o sucesso foi imediato.

Além do esquema tático e do apito ao juíz, o Nottingham Forest foi um dos organizadores da primeira divisão inglesa da época que contava com 12 times. Como curiosidade, a primeira partida a noite em um estádio com iluminação também teve o Forest presente. A partida foi contra o Aston Villa em Birmingham em 1878 e o Forest perdeu por 2x1. Widdowson era tão influente que foi presidente do Forest por muitos anos após terminar sua carreira como jogador.

5-Influências para o Arsenal:

Em 1886 um clube chamado Arsenal Woolwich era fundado em Londres e o Nottingham Forest participou do nascimento do clube. Além de um dos fundadores do clube ter sido jogador do Forest, o clube ainda doou um kit de uniformes vermelhos para eles jogarem as primeiras partidas e por isso o Arsenal joga até hoje com a cor. Em 1965 quando o Forest comemorou o centenário, como forma de agradecimento, o Arsenal deu como presente "de volta" o mesmo kit de camisas vermelha ao Forest como homenagem.

6-A primeira liga e o primeiro título:

Em 1889, o Forest foi um dos influenciadores da criação do Campeonato Inglês por pontos corridos. Devido a questão geográfica, foram criadas duas ligas diferentes. A Football Alliance contava com o Forest e outros 11 clubes mais situados ao norte. Já a Football League contava com outros 12 clubes da parte sul da Inglaterra. Na primeira temporada, o clube foi muito mal, ficando apenas uma posição a frente da zona de rebaixamento.

Uma sonora goleada para o Newton Heath (hoje chamado de Manchester United) foi o ponto crucial para mudanças. A partir daí a diretoria do clube optou pela profissionalização de jogadores e o investimento foi feito pelos membros da diretoria. Alguns jogadores mais famosos chegaram. Não só mudanças no time, mas também no estádio. Inicialmente o Forest dividia o estádio do Notts County na cidade e também jogava em campos privados, mas um investimento fez com que o clube arrumasse uma nova casa para jogar para 2 mil pessoas.

As mudanças surtiram efeito e na temporada seguinte, o clube levantava a sua primeira taça nacional. A Football Alliance de 1891-92. Contamos essa história com mais detalhes neste post em nossa seção de títulos, mas em resumo, após essas 3 temporadas iniciais, a Football Alliance e a Football League se fundiram, formando o Campeonato Inglês. Os 6 primeiros de cada liga formariam a Primeira Divisão e 6 piores fariam a Segunda Divisão. O Forest, por ser o campeão do lado Norte, jogou a Primeira Divisão do Campeonato Inglês em sua primeira temporada.

7-O segundo título:

Em uma caminhada cheia de dificuldades, o Forest começou a desenvolver sua rivalidade local contra o Derby County. Em 1897/1898 o Forest fez uma excelente Copa da Inglaterra passando por Grimsby, Gainsborough, West Bromwich e Southampton até enfrentar o Derby County na final. A vitória por 3x1 de virada em Londres deu o segundo caneco nacional ao time e o primeiro da competição mais antiga do mundo.

8-O City Ground:

O segundo título trouxe planos ambiciosos ao Forest. O pequeno Town Ground não suportava mais a torcida e a diretoria resolveu se mudar após 33 anos de vida. Mais precisamente para o City Ground, região próxima ao rio Trent que era bastante famosa na cidade em 1897. Foram financiados 3 mil libras entre os torcedores do clube e outras 2 mil libras foram levantadas de rifas pela cidade que permitiram a construção do estádio que permanece até hoje com o Forest. O City Ground foi inaugurado no fim de 1898, mas bem diferente do atual que conhecemos. Em nossa página, contamos um pouco sobre a história da construção do estádio.

9-O Centenário do Nottingham Forest

No Brasil há aquele famoso jargão que o centenário é o ano da maldição dos clubes. O ano do centenário do Nottingham Forest (1965) foi marcado por muitas viagens para fora da Inglaterra e com muitos altos e baixos. A primeira foi um tour na América do Norte onde o time enfrentou diversas equipes americanas e canadenses, encerrando a participação contra a seleção da MLS All Stars. Somente uma derrota e muitas vitórias foram marcadas nesta época.

Em seguida, o clube viajou para a Espanha e também participou de festividades. A maior delas foi contra o Valencia na qual o time jogou no estádio Mestalla uma Copa amistosa. O relacionamento com o Valencia era um dos melhores, tanto é que após isso a equipe espanhola foi conhecer City Ground e eles realizaram outro amistoso no mesmo ano.

A campanha do Nottingham Forest no ano do centenário:

Campeonato Inglês: O time terminou em 5º lugar, dois pontos atrás do Everton e 14 pontos atrás do campeão Manchester United.

Copa da Inglaterra: O Forest foi eliminado na 5ª fase para o Crystal Palace por 3x1. Antes disso o time tinha eliminado o Norwich e o Sunderland.

10-Incêndio no estádio City Ground

Um incêndio na arquibancada principal durante um jogo contra o Leicester, acabou destruindo boa parte do patrimônio histórico do Nottingham Forest em 1968: Documentos, taças e recordações foram tomadas pelo fogo e pouco se salvou e foi recuperado. Entre as lembranças, uma arma que foi presenteada pelo Arsenal há 80 anos antes em sua fundação acabou perdida. O Arsenal acabou dando um novo presente nesta época como forma de solidariedade: Uma camisa em um quadro com o agradecimento ao Nottingham Forest ter ajudado a equipe londrina em sua fundação.

O Motivo do incêndio foi cano estourado que resultou em vazamentos de água e causando um curto circuito na parte elétrica na hora da partida. A torcida entrou em campo, os jogadores que estavam no vestiário conseguiram escapar e o Forest precisou fechar o estádio para reconstruir a arquibancada central, pois o fogo havia prejudicado a fachada original, construída em 1898. Nessa sequência, o Forest teve que jogar no estádio vizinho do Notts County e em 6 partidas, nenhuma vitória jogando lá foi conquistada.

Comente com o Facebook: