domingo, 6 de maio de 2018

Nottingham Forest leva virada no final e ajuda o Bolton escapar do rebaixamento


Última rodada de emoções na Championship. O Nottingham Forest bem que tentou estragar a tentativa de permanência do Bolton, jogando no Macron Stadium, mas com dois gols próximos dos 45 minutos do segundo tempo, o time da casa virou o jogo e se livrou do rebaixamento.

Karanka promoveu uma surpresa no time: Jack Hobbs voltou a zaga após muito tempo fora. Sua última partida havia sido ainda pela terceira fase da Copa da Liga Inglesa, quando o Forest foi eliminado pelo Chelsea. Hobbs só havia jogado 4 partidas na temporada e as lesões voltaram a atrapalhar sua temporada. Porém, apesar de fazer um bom jogo, praticamente essa foi a despedida de Hobbs, que tem seu contrato expirando no fim da temporada e que não deverá renovar devido ao baixo custo benefício.

Do restante do time, a maior dúvida era no meio campo e como a nossa prévia já dizia, Watson e Colback estavam garantidos, restando apenas uma vaga, que foi preenchida por Bridcutt. O jogo em si foi repleto de chances para os dois lados, porém o Bolton desperdiçava em maior quantidade. 

A primeira grande chance foi do Forest em jogada que Osborn foi lançado e cruzou rasteiro pra área com Brereton completando mal a finalização. Em seguida uma cabeçada de Fondre fez com que Kapino fizesse uma bela defesa. O Forest voltou a assustar com um cruzamento de Darikwa na qual Brereton novamente chegou atrasado. O primeiro tempo acabou 0x0 e com nada resolvido.

Na segunda etapa, o jogo ficou maluco. Aos 21 minutos após bate e rebate na grande área a bola sobrou para Fondre que bateu de primeira sem chances para Kapino, abrindo o placar. 3 Minutos depois, Osborn tabelou com Lolley e avançou livre de marcação, batendo firme de esquerda. A bola deu uma pingada na frente do goleiro e estufou o canto esquerdo, fazendo o gol de empate. Aos 34 minutos, a virada do Forest veio. Em bela jogada individual próximo ao escanteio, Lolley se livrou de dois jogadores e cruzou na área. A bola rebateu na zaga e na volta, Colback bateu de esquerda de primeira e estufou as redes do Bolton, virando o jogo.

Com 10 minutos restantes para o fim da temporada, o Bolton largou a defesa e foi pra cima com tudo. Os dois gols saíram de maneira parecida: Através de um tiro de meta que acabou caindo na grande área. Aos 42 minutos, Wheater recebeu na grande área e bateu no canto, empatando o jogo. Dois minutos depois outro tiro de meta batido com bola desviada que acabou dentro da grande área. Dessa vez o cruzamento foi feito e Wibraham mergulhou de cabeça para virar. Como o Barnsley estava sendo goleado por 4x1 e o Burton acabara de tomar o 2x1 do Preston, o Bolton se salvava do rebaixamento, com direito a invasão de campo.

Fim de temporada para o Forest. Essa, um pouco melhor que a anterior, terminando em 17º lugar, mas ainda muito abaixo de um time que anseia a volta para a Premier League. Resta confiar na continuidade do trabalho de Karanka, pois agora irá se iniciar a segunda parte da reformulação do time.

Palavra do técnico:

- Eu posso entender quão feliz eles estão neste momento. Tentamos dar nosso melhor como disse antes da partida em respeito a competição. O jogo foi bom, tivemos chances de marcar nos dois tempos. Quando o oponente precisa jogar com tudo que eles tem e pelas suas vidas, isso faz diferença.

- Importa se você está jogando por algo ou não. Quando você não joga por objetivos não é que não esteja 100% concentrado, mas quando tem algo pra jogar, você divide cada bola como se fosse a última. Não foi uma final, mas o Bolton ganhou a chance de jogar por mais uma temporada a Championship.

- O clube é grande com uma grande torcida e nos 10 minutos finais eles vieram pra cima pra tentar sobrevivência. Sobre nós, podemos ver o progresso. Estávamos nessa mesma situação do Bolton na temporada passada. Essa vez, nos asseguramos 5 jogos antes do fim. O time pode sentir que a principal coisa pra mim é que agora queremos melhorar a ponto de brigar pelo acesso na próxima temporada.

- Eu sei que precisamos contratar jogadores. Eu não tenho certeza de quantos, mas eu já sei o tipo de jogadores que quero. Jogadores que querem realmente nos ajudar, que acreditem no projeto e que joguem conosco rumo ao sucesso.

Ficha Técnica:

Forest: Kapino, Darikwa, Hobbs, Fox, Osborn, Watson (c) (Guedioura 76'), Colback, Bridcutt (Vellios 76'), Lolley, Tomlin (Cash 61'), Brereton

Bolton: Alnwick (Howard 46'), Little, Wheater, Beevers, Robinson, Ameobi, Henry, Pratley (c) (Le Fondre 59'), Morais (Noone 76'), Vela, Wilbraham

Público: 18.289 (2.124 visitantes)

Comente com o Facebook: