terça-feira, 14 de agosto de 2018

Com gol no último lance, Forest elimina Bury nas cobranças de pênaltis


O Nottingham Forest quase foi eliminado na primeira fase da Copa da Liga Inglesa. Quase. Em um jogo no qual Karanka optou por trocar os 11 jogadores, o time iniciou perdendo e só foi conseguir o empate no último lance da partida em um jogo muito pouco movimentado. Nos pênaltis, levou a melhor numa disputa de 19 pênaltis cobrados e passou de fase na Copa da Liga Inglesa.

Diferente do que noticiamos ontem, a Copa da Liga mudou o formato de desempate. Anteriormente, indo para a prorrogação e os pênaltis no formato "ABBA", agora a partir deste ano o empate leva direto aos pênaltis. Sabendo disso, Karanka optou por diversas mudanças.

No gol, o questionadíssimo Jordan Smith ganhou chances na frente do recém contratado Luke Steele. A lateral direita teve a estreia de Sam Byram, enquanto na esquerda foi a vez de Robinson estrear. A zaga foi formada por Dawson e o recém chegado Hefele. No meio campo, mais estreias: Ao lado de Watson, Ryan Yates ganhou chance na volância. Soudani, Cash, Diogo Gonçalves e Murphy completaram o ataque.

Aos 2 minutos de jogo, a primeira falha de Smith. Em cobrança de falta, O'Connell subiu de cabeça e ele saiu caçando borboleta sem achar nada. Primeiro gol da partida logo no primeiro lance do jogo. Depois disso a partida foi fraca e com poucas ou quase nenhuma chance. Aos 32 minutos, Smith praticamente encerrou toda e qualquer possibilidade de jogar essa temporada pelo Forest ao sair do gol de maneira desordenada e dividir fora da área com o atacante, que foi derrubado. Como era o último homem, o goleiro foi expulso e Steele precisou fazer sua estreia, entrando no lugar de Soudani.

No segundo tempo, o Forest não conseguia chegar ao gol do Bury e a eliminação começava a se desenhar. Karanka tentou mudar o jogo colocando Osborn e Lolley nos lugares de Yates e Diogo Gonçalves. O time foi pro tudo ou nada e aos 47 minutos, no último lance, o milagre aconteceu. Em cobrança de escanteio de Cash, a bola passou por toda a zaga e Lolley bateu de esquerda. A bola respingou por toda a área e ninguém pegou, indo para o canto direito e achando o mesmo Cash que havia cobrado o escanteio. Ele bateu de primeira, cruzado e fez o gol de empate, levando aos pênaltis.

Nas cobranças de pênalti, os dois times tiveram 100% de aproveitamento nas cobranças. Nas alternadas, Cash chegou a perder o pênalti, mas logo em seguida, Steele salvou e também defendeu. As cobranças só foram acabar na vigésima tentativa, quando Steele pegou outro pênalti e encerrou a disputa, colocando o Forest na próxima fase.

Palavra do técnico:

- Foi um típico jogo de copa. Obviamente concedemos um gol cedo e tivemos o goleiro expulso, mas os jogadores continuaram acreditando até o fim e ficaram desesperados pelo empate. Depois disso, tivemos mais sorte que eles nos pênaltis. Eu acho que nós merecemos passar adiante pois tivemos chances de vencer mesmo com 10 homens. O Bury teve chances no contra ataque, mas eu sinto que merecemos passar.

- Os jogadores tiveram boa mentalidade após o gol e a expulsão. O principal pra mim é a atitude deles depois disso. Sei como é difícil botar 11 novos jogadores juntos em campo, mas de qualquer modo passamos de fase e agora voltamos as atenções na Championship.

- Temos de ser otimistas e acreditar que é possível fazer uma boa sequência na liga. Vamos a próxima fase da Copa e muitos jogadores puderam ganhar minutos de jogo essa noite.

O próximo adversário do Nottingham Forest na Copa da Liga Inglesa ainda será definido após sorteio nos próximos dias.

Comente com o Facebook: