sábado, 18 de agosto de 2018

Em jogo dramático, Nottingham Forest busca empate novamente no final


O Nottingham Forest arrumou mais um empate tardio neste sábado. Jogando fora de casa, no DW Stadium, o time teve mais uma vez um início muito pobre e como resultado, teve de correr atrás do placar novamente. Felizmente, de novo o clube conseguiu se livrar de uma derrota no fim da partida. O empate é o terceiro em quatro jogos da equipe, que permanece invicta na temporada.

Karanka promoveu a entrada de Cash no time titular no lugar de Gil Dias. O restante do time foi o mesmo que jogou no sábado passado contra o Reading. Porém novamente o time começa dormindo e o primeiro gol saiu cedo, logo aos 2 minutos com Powell após cobrança de escanteio cedida por Figueiredo. A bola aérea tem sido um terror da zaga nessas primeiras rodadas, mas dessa vez foi Pantilimon que saiu de maneira estranha. Na sequência, forte pressão do Wigan que quase marcou o segundo.

Porém, o Forest não demorou a empatar. Logo aos 10 minutos, Cash, que tem sido o melhor jogador neste início de temporada conseguiu o empate, recebendo a bola vertical de João Carvalho e batendo cruzado, sem chance para o goleiro.

Após o gol de empate, o Forest praticamente sumiu do jogo e levou uma boa pressão do Wigan até o fim do primeiro tempo. Aos 30 minutos de jogo, um pênalti bastante discutível foi marcado para o Wigan e o famoso Will Grigg converteu a cobrança, colocando o time na frente de maneira merecida. Em seguida o Wigan acertou uma bola na trave e perdeu a chance de ampliar.

Na volta do intervalo, Watson entrou no lugar de Guedioura para tentar fechar o time que estava muito exposto. O Wigan continuava a pressionar, fazendo com que aos 9 minutos a segunda alteração do Forest fosse realizada com a entrada do talismã Soudani no lugar de João Carvalho, que ainda fez a terceira alteração também cedo com a entrada de Robinson no lugar de Lolley, mudando o esquema tático e passando Osborn ao meio campo.

Quando tudo parecia perdido, mais uma vez o poder dos acréscimos atuou. Matty Cash, mais uma vez, foi o protagonista da jogada, entrando na área em boa jogada individual pela direita e sendo derrubado. Na batida, Grabban bateu e o goleiro defendeu, mas no rebote a bola foi pra frente e Soudani estava esperto para definir o empate. Após o gol, 7 minutos de acréscimo e uma pressão absurda do Wigan, mas dessa vez o gol não saiu.

Palavra do técnico:

- Eu acho que o principal foi o ponto ganho e o espírito até o último segundo. Eu disse que não fomos bem no último sábado, mas eu acho que seria impossível jogar pior do que jogamos nesse primeiro tempo. Disse a eles que seria um jogo parecido com o que enfrentamos contra o Millwall na temporada passada. Eles subiram agora e estão fortes.

- Não podemos esquecer que estamos trabalhando há apenas 1 mês, 1 mês e meio. Mesmo jogando o nosso pior, não estamos perdendo e isso é bom. Jogadores que estão no banco ou que não estão jogando estão mudando o jogo e isso também é positivo. Vamos melhorar nosso momento.

- É difícil quando se está preparando para o jogo e você alerta sobre tudo, mas em 30 segundos levamos um gol cedo. Mas vamos prosseguir e cada vez melhorar mais.

O Empate levou o Forest a 6 pontos e atingir a sétima posição da tabela, com um jogo a mais que a maioria de seus concorrentes. No próximo fim de semana o time enfrenta o Birmingham dentro de casa pela 5ª rodada. E no meio da semana seguinte, o time entra em campo pela Copa da Liga Inglesa, contra o Newcastle. Jogo que terá transmissão provavelmente.

Análise do blog:

A impressão que passa é que o time ofensivamente é muito bom, mas esses gols cedo estão prejudicando muito a confiança do time. É preciso melhorar a bola aérea, pois opções de zaga agora não faltam. O importante é que mesmo os jogos que o time não vai tão bem, ainda está se livrando das derrotas e freando seus concorrentes. A temporada está só no inicio e os jogadores do banco de reserva estão entrando bem.

Comente com o Facebook: