quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Grabban e João Carvalho desencantam e Forest vence a segunda na Championship


O Nottingham Forest finalmente conseguiu uma nova vitória pela Championship. Jogando dentro de seus domínios, o time de Aitor Karanka conseguiu se impor e fez uma boa partida - dessa vez agora se traduzindo em gols. A vitória quebrou um tabu de 7 derrotas seguidas do Forest contra o Sheffield Wednesday.

O Técnico espanhol manteve a escalação da rodada anterior, colocando mais uma vez Osborn, Cash e Carvalho como os meias de armação e o time apresentou uma boa melhora ofensiva. Apesar disso, a primeira chance da partida foi do Wednesday em uma cabeçada por cima do gol. Além dessa chance, o time chegou a ter um gol anulado corretamente após cruzamento na área.

O primeiro gol do Forest aconteceu no fim da primeira etapa, aos 41 minutos, quando Osborn bateu uma falta cruzada na área e Grabban desviou de cabeça no canto direito do goleiro do Sheffield. O gol trouxe confiança e o Forest conseguiu administrar melhor a partida.

No segundo tempo o segundo gol já estava ficando maduro, mas somente após algumas chances desperdiçadas ele veio. E veio em forma de golaço em uma linda jogada que começou com os pés de João Carvalho, lançando Osborn na linha de fundo da grande área. Inteligente, o jovem Inglês devolveu o passe de calcanhar, matando o defensor. Carvalho então deixou a bola passar de seu pé esquerdo e tirou outro jogador da jogada com o drible de corpo e bateu de chapa no alto e no ângulo de Dawson.

Com o 2x0, Karanka promoveu a primeira mudança: colocou Dias no lugar de Cash. O jogo estava controlado a ponto de Karanka mexer novamente somente no fim do jogo com a entrada de Watson no lugar de Guedioura. Porém como tudo no Forest vira drama, aos 43 do segundo tempo o atacante Fletcher bateu de fora da área, a bola desviou em Hefele e entrou. Nos acréscimos, pressão dos Owls, mas Karanka foi esperto ao guardar uma alteração para trancar o jogo com a entrada de Lolley. Ainda teve tempo pra Osborn tentar ampliar, mas desperdiçou.

Palavra do técnico:

- Eu estou muito satisfeito mas eu poderia estar mais ainda por que poderíamos ter vencido esse jogo muito mais fácil com as chances que tivemos. Nós sabíamos que nós tínhamos que vencer após a nossa performance de sábado. Esse último jogo mostrou que temos muita confiança no futuro pois mostramos que podemos jogar. Essa noite, jogando em casa, controlamos o jogo e tivemos a primeira e as últimas chances contra um time muito bom.

- Tentamos ser mais agressivos em todos os lados e isso demanda mais de todos. Eu acho que somos um time mais forte agora e a razão é que todos estão se ajudando em campo e eu não acho que isso estava acontecendo algumas semanas atrás. Eu disse há 3 ou 4 dias atrás que Grabban era o melhor centroavante da liga e eu não tive dúvidas em contratar ele. Eu conheci ele por 5 anos e sei o quão bom ele é. Ele mostrou sua qualidade essa noite e sua performance deve melhorar daqui em diante.

- O espírito agora é totalmente diferente de semanas atrás. Na última temporada, depois do jogo do Preston, eu decidi mudar tudo e essa temporada após o jogo do Brentford eu também tive que mudar algumas coisas. Espero que esse ano essa partida tenha sido o fator determinante na nossa campanha.

Com a vitória o Forest alcançou 11 pontos e ocupa a 11ª colocação na tabela. No sábado, o time joga em casa novamente e com boas perspectivas de tentar uma segunda vitória seguida para engrenar na competição. O Forest enfrenta o Rotherham no fim de semana.

Comente com o Facebook: