sábado, 20 de outubro de 2018

Diante recorde de público, Forest leva virada e perde a primeira em casa na Championship


O Nottingham Forest voltou a decepcionar sua torcida nesta volta de Championship. Jogando sob um público de mais de 29 mil pessoas que quebrou um recorde que não acontecia desde 2014, o Nottingham Forest saiu na frente logo cedo, mas levou a virada no segundo tempo e frustrou a torcida, saindo do G6.

Karanka fez algumas alterações em relação ao último jogo. Darikwa e Watson entraram no time, enquanto Osborn teve de fazer a lateral esquerda para substituir Robinson. O gol saiu muito cedo, aos 5 minutos, quando Grabban tabelou com João Carvalho, que devolveu a bola por cima da zaga, desmontando o setor defensivo e deixando Grabban na cara do gol para bater de primeira e abrir o placar.

Após o gol, duas bolas na trave, uma para cada lado: Primeiro com Joe Lolley, que recebeu lançamento na área, cortou o zagueiro e bateu forte, fazendo com que a bola batesse no travessão. Depois, do lado do Norwich, em contra ataque e bola chutada cruzada de modo rasteiro que acertou a trave esquerda de Pantilimon. Praticamente, essa foi a única chance de perigo do Forest depois do gol. Ainda deu tempo do Norwich perder um gol feito em cruzamento rasteiro na área que a bola passou triscando a trave.

No segundo tempo, o Forest simplesmente não entrou na partida e a virada aconteceu com duas bolas paradas, o terror do time. Aos 15 minutos, em uma falta batida direta para o gol, Timm Klose raspou levemente e Pantilimon mais uma vez falhou na saída do gol, causando o empate. As alterações de Karanka com a entrada de Cash, Diogo Gonçalves e Soudani não surtiram efeito.

O time continuou mal em campo e a virada aconteceu aos 39. De novo, de bola parada, em um escanteio no qual Pantilimon defendeu a cabeçada, mas Klose, novamente, estava sozinho para empurrar o rebote pro gol.

A derrota além de frustrar a torcida, tirou o Forest do G6, que agora ocupa a 10ª colocação em um campeonato que se mostra totalmente embolado, portanto se vencesse hoje, o Forest manteria a 5ª colocação. Na entrevista coletiva. Karanka pediu mais apoio da torcida, declaração que não caiu muito bem por lá.

Palavra do Técnico:

- Foi um dia desapontante. Começamos o jogo muito bem, marcamos o gol, acertamos a trave e aí acabou. Perdemos intensidade e o Norwich realmente foi muito bem e mereceu a virada. Disse aos jogadores no intervalo que tínhamos que fazer o segundo gol pois não podíamos ficar atrás o segundo tempo todo. Fomos muito desorganizados. Mais jogos como esses chegarão durante a temporada, então temos de aprender a matar o jogo durante o primeiro tempo.

- Quando jogamos bem os primeiros 20 minutos, causamos problemas, mas não podemos cair tanto assim. Eu entendo a exigência da torcida, mas precisamos criar uma atmosfera que eles sintam o apoio. Pude ver hoje que os jogadores estavam sob pressão. É fantástico quando se tem 29 mil pessoas dentro do estádio, mas nos momentos ruins que os jogadores precisam de mais suporte. Não é crítica a torcida, mas as vezes precisamos dar um pouco mais de apoio deles em casa.

O Forest precisa se recuperar rápido, afinal agora jogará 3 partidas fora de casa na sequência, sendo duas pela Championship. Na quarta, o adversário é o Bolton e no fim de semana que vem, a parada é dura contra o Leeds.

Comente com o Facebook: