terça-feira, 30 de outubro de 2018

Nottingham Forest dá vexame e é eliminado da Copa da Liga Inglesa


O Nottingham Forest voltou a decepcionar seu torcedor nesta terça feira. Jogando pela quarta fase da Copa da Liga Inglesa, o Forest foi visitar o Burton Albion, modesta equipe da terceira divisão e acabou sendo eliminado. É a primeira vez que o Burton de Nigel Clough alcança a quarta de final da competição e enfrentará o Bournemouth na próxima fase. Para o Nottingham Forest, após mais uma decepção, resta voltar as atenções para a Championship e aguardar o sorteio da Copa da Inglaterra, onde estreará em Janeiro.

O Técnico Aitor Karanka fez bastante alterações na equipe inicial. Steele, Janko, Hefele, Dawson, Watson, Bridcutt, Cash, Diogo Gonçalves, Soudani e o jovem Appiah ganharam oportunidades na equipe.

Aos 31 minutos de jogo, Bridcutt demorou para fazer o corte e deu um carrinho dentro da área. Pênalti, no qual Boyce cobrou para fora e perdeu a chance de abrir o placar. Apesar do susto, o Forest conseguia chegar quando trocava passes, mas na maior parte do tempo era o Burton que mandava na partida. O primeiro tempo acabou 0x0.

Na segunda etapa, 5 gols ocorreram. Para começar aos 7 do segundo tempo, Fraser bateu pro gol e a bola desviou nas costas de Janko, enganando o goleiro Steele e colocando o Burton na frente. O Burton aumentou sua vantagem aos 19 minutos, quando Fraser simplesmente fez o que quis com a zaga e aproveitou ainda o corte errado Hefele para fazer o 2x0.

Após o segundo gol, Karanka colocou Grabban e Lolley no time e o Forest deu uma melhorada. Em boa jogada de Dias, o passe foi rasteiro para Grabban se antecipar ao goleiro e diminuir aos 25 minutos. Quando o torcedor achou que o time poderia empatar e levar para os pênaltis, nova lambança da zaga do Forest aos 37 do segundo tempo na qual o Burton teve toda a liberdade para criar a jogada de gol que terminou com um cruzamento e uma batida de primeira de Hesketh para fazer o 3x1. Menção honrosa mais uma vez a Hefele e Bridcutt que fizeram de tudo para que o gol saísse.

No desespero, Karanka colocou o jovem Appiah no lugar de Bridcutt, um dos piores da partida e a cria da base do Forest não decepcionou. Nos acréscimos, o atacante recebeu bom passe e bateu; o goleiro espalmou, mas no rebote, ele conseguiu fazer seu primeiro gol no profissional. Porém não deu tempo para mais nada e o Forest mais uma vez fica pelo caminho.

Palavra do técnico:

- Perdemos a chance de chegar num lugar que não chegávamos há 25 anos e isso é um grande desperdício. Não sei se fomos complacentes, mas perdemos uma grande oportunidade. Estou nervoso pois uma equipe da League One que jogou 4 partidas em 10 dias estava muito melhores que nós. Eles foram muito melhores e quiseram vencer mais do que nós.

- Não consigo entender o porquê esse é o caso, não quero dizer nada que me arrependa amanhã. Me sinto envergonhado e peço desculpas aos torcedores que viajaram essa noite pois todos nós viemos aqui acreditando em alcançar um bom resultado. Precisamos querer fazer mais do que fizemos.

Vexames a parte, o Nottingham Forest volta a campo neste sábado para enfrentar o líder Sheffield United no City Ground.

Comente com o Facebook: