sábado, 6 de outubro de 2018

Nottingham Forest se impõe, vence Middlesbrough e entra no G6


Um time que empata dentro de casa contra o vice lanterna da competição após abrir 2x0 e que vence o vice líder fora de casa que ainda não havia perdido e nem tomado gol dentro de seus domínios. Esse é o Nottingham Forest, acostume-se. Jogando no Riverside na tarde deste sábado, o Forest fez uma belíssima partida e venceu o Middlesbrough por 2x0, subindo para a 5ª colocação da Championship.

Karanka fez 5 alterações no time que empatou com o Millwall durante a semana. Pra começar, na zaga, Dawson voltou ao time e Darikwa para a lateral direita. No meio campo, Guedioura deu vaga para Watson e Gil Dias entrou no lugar de Cash. No ataque, outra alteração: Murphy entrou e Grabban descansou.

A única boa chance do Mddlesbrough no primeiro tempo foi uma bola no travessão, logo nos primeiros minutos. Após isso, as principais oportunidades foram do Forest, nos pés de Lolley que tem sido o melhor jogador do time atualmente, sempre buscando jogadas com seu corte seguido de chutes fortes fora da área. Aos 37 minutos, Dawson infelizmente se machucou e teve que dar lugar a Figueiredo. O primeiro tempo não teve gols, mas o Forest já merecia uma vantagem.

Vantagem essa que aconteceu no segundo tempo. Aos 5 minutos, Lolley foi carregando a bola sem ser incomodado, avançou e soltou um míssil de pé esquerdo no canto esquerdo superior de Randolph. O gol traduzia a superioridade do Forest, que jogava tranquilo. A entrada de Assombalonga causou certo transtorno, com o ex goleador do Forest quase marcando, para boa defesa de Pantilimon.

Karanka promoveu a entrada de Grabban no lugar de Murphy e o dedo do técnico deu certo. Seis minutos após a alteração, em jogada pela esquerda, a bola foi cruzada a meia altura e Grabban só completou pro gol, se antecipando a Randolph, aos 33 minutos. O gol matou o Middlesbrough de vez, que só viu o Forest jogar. Ainda no fim do jogo, Robinson foi expulso ao tentar cavar um pênalti. Como já tinha amarelo, foi embora e desfalcará o time.

Mas, dessa vez, a velha maldição dos 20 últimos minutos não apareceu e o Forest não tomou gols, fazendo assim, sua primeira vitória fora de casa na Championship. É a primeira vez que o Forest chegou no G6 na Championship. Agora o time para por 2 semanas devido a data Fifa e só volta a jogar no outro sábado, contra o Norwich, dentro de casa.

Palavra do Técnico:

- Eu estou muito feliz por Lolley. Ele jogou muito na quarta, ele jogou muito hoje e tem nos ajudado muito. Mas acima de tudo, joga pensando no time. Eu achava que ele não poderia jogar, mas vi sua confiança e forma e vi que ele estava desesperado pra jogar. Apesar de termos os exames e a opinião médica, quando um jogador fala que pode jogar, ele joga. Ele é jovem e já viveu bastante nesse campeonato também pelo Huddersfield.

- Estou satisfeito com todos, não só ele. Não quero esquecer ninguém, todos merecem crédito. Eu não tenho um time definido pra essa liga. Já disse que tenho 24 ou 25 jogadores bons. Eu disse a vocês que podemos fazer coisas boas juntos. O time precisava melhorar, desde o jogo com o Swansea, tomamos um passo atrás pra mudar a forma de jogar.

- A forma que jogamos, as chances que criamos e os gols que fizemos - e isso não é fácil, pois eles haviam só levado 4 gols no campeonato. Marcamos duas vezes e tivemos chances de fazer mais, já eles não tiveram tantas, talvez algumas segundas bolas apenas. Foi uma excelente performance.

A temporada do Forest até agora  (somando Championship e Copa) soma 6 vitórias, 8 empates e somente 1 derrota. A artilharia vem sendo disputada palmo a palmo entre Grabban, Lolley, Murphy e Cash. Grabban se isolou com 5 gols, enquanto Lolley, Murphy e Cash estão com 4.

Comente com o Facebook: