sábado, 24 de novembro de 2018

Superior desde o início, Forest vence Hull City fora de casa


Na volta da Championship, o Nottingham Forest venceu o Hull City fora de casa neste sábado e se manteve próximo do G6 do campeonato. Grabban e Lolley marcaram os gols que fizeram o Forest manter a sétima colocação no campeonato e próximo dos líderes.

Os gols foram marcados na segunda etapa,  mas o Forest mostrou superioridade técnica e física desde o início. O time que iniciou o jogo foi Pantilimon, Darikwa, Figueiredo, Dawson e Robinson; Yacob, Colback, Cash, Carvalho e Lolley; Grabban. Com a vitória, o Forest chega ao seu sexto jogo invicto fora de casa.

O Forest fez um bom início, dominando a posse de bola e criando boas chances que poderiam ter deixado o time na frente bem cedo. Carvalho e Cash tiveram finalizações que passaram próximo da trave e próximo ao ângulo do goleiro do Hull. Após isso, Darikwa também chegou a ter outra oportunidade.

No segundo tempo, o Forest também voltou dominante, mas dessa vez para decidir o jogo. Aos 16 minutos, Lolley fez tabela com Carvalho e o zagueiro do Hull furou após a batida, sobrando a bola para Grabban completar e fazer seu 11º gol na temporada com o 1x0. Três minutos depois foi a vez de Lolley em sua jogada característica pela diagonal, batendo cruzado e vendo a bola ser desviada antes de entrar no gol.

Após o segundo gol, o Forest apenas administrou o jogo mas se não fosse pelo goleiro do Hull, o placar poderia ter sido maior.

Palavra do técnico:

- A mentalidade é a chave. No primeiro tempo nós sabíamos que seria duro e fomos para o jogo bem. Mas, quando se está jogando bem e se acha que está fácil, caso não marque um gol, começa a relaxar e aí começamos a perder os últimos 10 ou 15 minutos do primeiro tempo.

- No intervalo, eu disse a eles que precisávamos ser agressivos com a bola. Temos qualidade, bons jogadores e só precisávamos ser mais clínicos com nossas chances e tentar marcar mais gols. Com nosso plantel com jogadores como Lolley, Cash, Carvalho e Grabban, além de jogadores vindo do banco como Osborn, Ansarifard e Gil Dias, tivemos um bom jogo e temos de continuar crescendo.

- Estamos melhorando a cada jogo. As pessoas falam muito sobre a posição na tabela de que não foi possível chegar ao G6, mas eu prefiro avaliar a performance dos meus jogadores. Conhecemos nossos adversários da frente e sabemos que se continuarmos assim, as coisas virão naturalmente.

O Forest volta a jogar na quarta feira fora de casa contra o Aston Villa. No próximo fim de semana, o time enfrenta o lanterna Ipswich em casa. Como o resultados da rodada não ajudaram, o Forest não conseguiu acessar o G6, mas ficou a apenas um ponto.

Projeção:
Acertamos o nosso palpite de vitória nessa rodada e chegando aos 30 pontos, o Forest está 2 pontos acima de nossa projeção para o G6 na temporada. Faltam 46 pontos para os playoffs.

Comente com o Facebook: