domingo, 27 de janeiro de 2019

Habemus vitória: Nottingham Forest 3x1 Wigan


O Nottingham Forest conseguiu sua segunda vitória neste mês de janeiro - a primeira sob o comando de Martin O'Neil. Jogando mais uma vez em um City Ground com mais de 28 mil pessoas, o time teve algumas alterações em relação ao último jogo. A começar pelo sistema tático: Saiu o esquema com 2 centro avantes e voltou ao habitual esquema de pontas. Murphy foi titular e Grabban sentou no banco.

Outra grande novidade foi a titularidade de Watson no meio campo. Fazia tempo que não jogava e não era escolhido. E contrariando as prévias, Robinson foi para a zaga mesmo e Fox, mesmo disponível pro jogo, não foi nem relacionado, o que deu indícios que sua saída para o próprio Wigan até o fim dessa semana possa ser consumada.

O jogo em sim foi mais animado que os outros e o Forest mostrou uma melhora em relação a primeira partida de O'Neil - mesmo contando com a fragilidade do Wigan, time que está na parte de baixo da tabela. Mesmo contra esses times, o Forest tropeça.

O Forest abriu o placar aos 19 minutos com jogada individual de Lolley que resultou em um chute de fora da área de pé esquerdo. O problema é que o Wigan empatou um pouco depois: Windass bateu de fora da área e Pantilimon aceitou: 1x1 e o primeiro tempo acabou assim.

No segundo tempo logo no início do jogo, Cash não deu sopa pro azar de deixar o jogo se tornar complicado. Guedioura fez uma grande enfiada de bola e Cash dominou de pé direito, cortou e chutou de pé esquerdo para fazer o 2x1. Murphy deu lugar a Grabban para o time ter mais perigo ofensivo e aproveitar os contra ataques (vale lembrar que Murphy foi jogador de O'Neil na Irlanda, o que faz com que ele tenha mais oportunidades).

Próximo do fim do jogo, o Forest conseguiu ampliar. Guedioura recebeu um passe próximo da quina da grande área e bateu rasteiro. O goleiro não chegou e o 3x1 consumava a vitória aos 35 do segundo tempo. Ou talvez não...pois logo após Guedioura fazer o gol, ele foi substituído por Yacob e no lance seguinte, pênalti para o Wigan.

Na batida, Pantilimon se redimiu e fez uma grande defesa, impedindo que o Wigan diminuísse. Fim de partida e agora sim o Forest voltou a vencer, subindo ao 9º lugar. Na próxima semana o confronto é fora de casa contra o Birmingham.

Palavra do técnico:

- Foi uma vitória massiva e o time trabalhou duro toda a semana. O principal objetivo era vencer e hoje fizemos isso com boa performance. Foi uma vitória merecida. Estamos próximos da zona de playoffs, precisamos somar pontos, especialmente em jogos em casa. Sobre a alteração do Guedioura, independente se ele tivesse feito o gol ou não, eu planejava tirá-lo, pois percebi que havia caído fisicamente, mas no geral ele fez um grande jogo.

Comente com o Facebook: