terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Martin O'Neil comenta sobre Leo Bonatini e Murphy e afirma não ter preferência de esquema


Leo Bonatini chegou no Forest tentando ressurgir sua carreira e ele terá a chance de fazer isso se depender de Martin O'Neil. O atacante que marcou 12 gols na campanha de acesso do Wolverhampton acabou tendo oportunidades limitadas nesta atual temporada, fazendo a maior parte delas como reserva. O Forest contratou Bonatini por empréstimo, mas há uma cláusula de permanência caso as coisas se saiam bem.

E é assim que Martin O'Neil espera acontecer: "Eu acho que Bonatini é um jogador forte. Ele foi goleador no Wolves e estava cheio de confiança no ano passado. Ele foi muito bem lá, mas as coisas evoluem, o clube gastou muito dinheiro e novos jogadores chegaram. Ele espera recuperar sua carreira e aqui ele terá a chance".

Sobre Daryl Murphy, o treinador já recebeu algumas críticas pela sua escalação, mas ele reafirmou sua confiança: "Eu tenho bastante certeza do que Daryl pode fazer, eu trabalhei com ele na seleção da Irlanda por muito tempo. Ele foi esplêndido pra mim na Irlanda, apesar de sua idade".

Já sobre as táticas, O'Neil se definiu como "mente aberta" sobre elas: "Eu sou muito mente aberta sobre isso. É uma coisa que não é fixa na minha cabeça, longe disso. Eu comecei com dois centro avantes, mas naquele momento as coisas não se saíram bem e eu precisei trocar no jogo seguinte. Eu espero que com o curso de meu trabalho a gente consiga achar algumas maneiras de jogar e que possamos mudar até mesmo na partida".

O Forest jogou no 4-1-4-1 as duas últimas partidas e produziu melhores performances contra o Wigan, mas o time ficou devendo um pouco principalmente no primeiro tempo contra o Birmignham.

A equipe continua em treinamento essa semana e enfrentará o Brentford dentro de casa no sábado. A partida contará com casa cheia pela quinta vez seguida, afinal a diretoria divulgou hoje que não há mais ingressos disponíveis. A parte dela está sendo feita.


Comente com o Facebook: